Incompetência da CEDAE pode destruir Arco do Teles

Incompetência da CEDAE pode destruir Arco do Teles

27 de novembro de 2018 8 Por Quintino Gomes Freire
Compartilhe

A gente fala da inoperância da Prefeitura do Rio, mas a situação do Governo do Estado e dos órgãos submetidos a ele está muito, muito pior, Veja só como é o caso da CEDAE, que ao que parece já entrou em ritmo de festas de fim de ano e não está mais muito afim de trabalhar. Só isso explica o fato de permitir que um vazamento há mais de duas semanas bem no histórico Arco do Teles, um dos primeiros bens tombados da história do Rio de Janeiro. E olha que já houve reclamações várias vezes, como prova o protocolo OSW840449.

Veja a água minando:

Mas é pouquinha água, você imagina. Sim, é, mas aos poucos ela vai erodindo o subsolo do local, e em breve pode causar uma enorme cratera, inclusive prejudicando o sobrado que um dia morou Carmem Miranda (foto abaixo). Será que apenas quando a situação se mostrar um total desastre, como o que realmente atingiu uma rua em Campo Grande, que criou um verdadeiro gêiser na Zona Oeste, a CEDAE vai tomar uma ação?



Não é melhor que a companhia faça já a prevenção, e evite além de destruir parte do patrimônio da cidade, também evite gastos desnecessários para a empresa e para o já combalido governo do Rio? Mas não parece esse o caso, o carioca está abandonado a própria sorte.

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.


Compartilhe