Pedra do Telégrafo | Foto: Divulgação - Governo RJ

Foram divulgadas nesta quarta-feira (12/08) as novas regras para a abertura gradual das unidades de conservação estaduais. Entre as novidades, a visitação agendada aos sábados, domingos e feriados a atrativos definidos pelo instituto. O anúncio foi feito pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Secretaria do Ambiente e Sustentabilidade.

Segundo a portaria, a trilha de acesso ao Costão de Itacoatiara e à Enseada do Bananal, no Parque Estadual da Serra da Tiririca, vai reabrir no próximo sábado (15/08). Aos sábados, domingos e feriados, a visita deverá ser previamente agendada para evitar aglomerações. Durante a semana, a trilha ficará aberta ao público entre 8h e 17h. O agendamento é realizado pelo site www.sympla.com.br/peset, podendo marcar o dia e horário do passeio. Em caso de chuva, a trilha é fechada. O Monte das Orações, o Morro das Andorinhas e a Pedra do Elefante/Alto Mourão seguem fechados.

Já a trilha da Pedra do Telégrafo, no Parque Estadual da Pedra Branca, será reaberta no dia 29/08, com agendamento de visitação aos fins de semana e feriados. O link para o agendamento das visitas será disponibilizado no site www.inea.rj.gov.br/visiteparquesestaduais. Todas as cachoeiras, a Pedra do Quilombo, a Pedra do Osso e o Açude do Camorim seguem fechados.

Nos dias em que o agendamento prévio é necessário, em caso de chuva o passeio deverá ser remarcado. Para participar dos passeios, os visitantes deverão respeitar as medidas de segurança estabelecidas pelo Inea: uso de máscara; limite máximo de dez pessoas por grupo; distância mínima de dois metros das pessoas; e uso do álcool líquido ou em gel para higienização das mãos. Todo o resíduo produzido durante a visita deve ser retirado e descartado adequadamente fora do parque.

Nas trilhas das unidades de conservação, seguem autorizadas as práticas desportivas individuais ou coletivas, com grupos de no máximo dez pessoas, desde que adotados os procedimentos sanitários necessários. Permanecem suspensas a realização de eventos, a presença do público nas praias, lagoas, rios, cachoeiras e piscinas naturais localizadas nas unidades de conservação. Os centros de visitantes, banheiros, vestiários, campings, academias da terceira idade, parques infantis, churrasqueiras e bebedouros das unidades de conservação também continuam  fechados.

O Inea destaca que permanece suspensa a visitação em pontos turísticos até que o instituto estabeleça e divulgue a capacidade de público que cada local poderá receber. Seguem proibidas as atividades de lazer e esportivas que impliquem a permanência do visitante nos atrativos e pontos turísticos. Continua suspensa a visitação às comunidades tradicionais que declararem formalmente a opção de permanecer fechadas ao turismo, a fim de evitar a propagação do novo coronavírus entre seus moradores.




Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui