Má notícia para a campanha de Romário (Podemos) que apostava na inelegibilidade de Garotinho (PRP) para garantir uma vaga no 2º turno com Eduardo Paes (DEM). É que hoje, domingo (16/9), o ministro Og Fernandes, do TSE, suspendeu o indeferimento da candidatura do ex-governador ao governo do estado. OTRE-RJ havia negado o direito de Garotinho a concorrer com base na Lei da Ficha Limpa, devido a uma decisão de 2ª instância.



De acordo com a ação cautelar, os efeitos da decisão do TRE-RJ, proferida no dia 6 de setembro, estão suspensos até o julgamento do mérito da ação no TSE. Em nota, Garotinho disse não ter sido surpreendido pelo entendimento do TSE: “Como eu já previa, mais uma decisão da Justiça do Rio contra mim está sendo revista pelo TSE”, afirmou.

Na última pesquisa Ibope, divulgada em 10/9, Garotinho está em 3º com 12% das intenções de voto. Na 4ª, 19/9, deve ser divulgada uma nova pesquisa Ibope.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui