Imperatriz Leopoldinense – Tata Barreto Riotur

Pelo jeito as Escolas de Samba estavam chorando de barriga cheia quando tentaram chantagear a Prefeitura do Rio depois do corte de 50% da verba destinada a elas. A Prefeitura informou que as escolas de samba do Grupo Especial terão mais R$ 6,5 milhões, além dos R$ 13 milhões previstos inicialmente. Com a verba de R$ 19,5 milhões, cada agremiação contará com um orçamento de R$ 1,5 milhão para preparar seu desfile de 2018, além de toda outra verba que consegue em seus eventos, ingressos da Sapucaí e venda dos direitos de transmissão para a Tv.

A verba extra de R$ 1,5 milhão será conseguida por meio de patrocínio da iniciativa privada, assim como acontece com os blocos carnavalescos. A decisão foi tomada por Crivella depois de reunião com o presidente da Liga das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Castanheira, e os presidentes das agremiações, hoje (10), na sede da prefeitura.

Fonte: Agência Brasil

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui