Foto: Reprodução Internet

Segundo relatório mensal divulgado pelo o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do Brasil, o valor do aluguel de imóveis no Rio de Janeiro aumentou 1% do que o registrado em dezembro de 2020.

De acordo com o levantamento, o preço médio do aluguel de um apartamento padrão (65m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem) na capital fluminense foi R$ 1.797/mês no mês passado. O aumento do preço corresponde a um crescimento de 3,6% em relação a janeiro de 2020.

Os dados também revelam que, nos últimos 12 meses, os bairros onde os aluguéismais diminuíram foram Urca (R$ 2.482/mês, -16,1%), Praça da Bandeira (R$ 1.611, -15,9%) e Todos os Santos (R$ 1.145/mês, -14,0%).

Já as maiores valorizações ocorreram no Recreio dos Bandeirantes (R$ 1.570/mês, +17,9%), Barra da Tijuca (R$ 2.483/mês, +18,5%), Humaitá (R$ 2.520/mês, +19,8%).

Preço cai 0,1% em janeiro

O estudo mostra que o preço do m² no Rio de Janeiro foi R$ 7.757 em janeiro, de forma que um apartamento padrão fica em torno de R$ 504.400. O valor é 0,1% menor do que o registrado em dezembro de 2020.

Nos últimos 12 meses, os bairros que mais se desvalorizaram foram Guaratiba (R$ 3.836/m², -15,6%); Pilares (R$ 4.208/m², -11,9%), Bento Ribeiro (R$ 3.804/m², -11,8%). No mesmo período, os bairros que mais tiveram aumento no preço de venda foram Vasco da Gama (R$ 4.994/m², +13,2%); Parada de Lucas (R$ 4.615/m², +14,3%) e Água Santa (R$ 4.624/m², +17,2%).

Rentabilidade

A pesquisa ainda aponta que O índice de rentabilidade imobiliária do Imovelweb relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel.

No relatório de janeiro, o índice foi de 4,5% bruto anual, o que significa que são necessários 22,1 anos para recuperar o valor investido na compra de um imóvel, tempo 6% menor que há um ano.

O índice mostra que os melhores bairros do Rio de Janeiro para investidores que buscam renda são Ramos (7%), Cosmos (6,5%) e Senador Vasconcelos (6,3%). Por outro lado, os menos rentáveis são Urca (3,1%), Gávea (3,1%) e Lagoa (2,9%).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui