Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Em uma publicação em edição extraordinária do Diário Oficial neste sábado (18/09), a Prefeitura do Rio prorrogou por mais 180 dias a intervenção no sistema BRT, ou seja, por mais 6 meses.

A Prefeitura decretou intervenção temporária na operação e gestão do BRT em março deste ano. No mês seguinte, em abril, houve uma reunião de apresentação do plano de intervenção. Na época, a Secretaria de Transportes, em parceria com outros órgãos, afirmou que estava “trabalhando no planejamento da operação para melhor atendimento à população”.

Um dos objetivos da intervenção é aumentar a quantidade de ônibus. A prefeitura pretendia começar o mês de junho com 199 BRTs rodando, mas o site mostrava que, em junho, havia 168 veículos em funcionamento.

Nos últimos anos, o BRT tem sido alvo constante de vandalismo, violência e calotes. Os passageiros têm sofrido com os atrasos constantes e acabam obrigados a viajar em ônibus lotados.

#AondeVamosParar

Em uma nova série de matérias, o DIÁRIO DO RIO está abordando o transporte público no Rio de Janeiro. O primeiro texto da série foi sobre o BRT, sistema repleto de problemas que impactam diretamente na vida das pessoas.

1 COMENTÁRIO

  1. Opaaa, parece que a Prefeitura está vendo que o buraco é mais embaixo, que a concessionária cortava um dobrado com os “nobres clientes” que frequentam o BRT, né??

    Porque não deram apoio à concessionária ANTES? Porque deixar o sistema cair em descrédito para tomar decisão? Tudo o que entorta necessita muito mais energia para desentortar. Como convencer agora o burlador que ele tem que pagar passagem se ele passou um tempão sem pagar?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui