Foto: Divulgação Rock in Rio

Uma vez o criador do Rock in Rio, Roberto Medina, disse que fazer um mega evento como o RiR nos dias de hoje tem um complicador, são poucas as bandas que trazem multidões, e por isso tantas se repetem. Este é o caso do Iron Maiden, formada por roqueiros sexagenários e que teve seu auge nos anos 80 e que vai chegar a 5 vezes vez no festival, eles estiveram no primeiro em 1985, no último em 2019 e nas edições de 2001 e 2013. E, agora, na edição de 2021, banda inglesa se apresentará, no dia 3 de setembro, dia dedicado ao Heavy Metal.

O Iron Maiden se junta a banda americana de metal progressivo, Dream Theater, que fará sua estreia no festival. Ao Megadeth, que estava previsto para a edição de 2019, e teve que cancelar por conta de um problema de saúde de Dave Mustaine. E a maior banda de heavy metal do Brasil, Sepultura, que abrirá o Palco Mundo.

Vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson destaca atmosfera única do Rock in Rio: “Quando nos foi oferecida a oportunidade de retornar ao Rock in Rio e nos apresentarmos na noite de abertura do festival, dissemos “sim” imediatamente! Os nossos fãs sabem que o evento é muito especial para a gente por conta da nossa história com o festival. O Rio tem uma energia especial que nos faz sentir a paixão e o calor do público quando estamos no palco. A nossa última turnê, a “Legacy Tour”, foi muito divertida e os fãs mal podem esperar o que preparamos para nossa volta ao país. Tudo o que eu digo é: enquanto vocês ainda quiserem nos assistir, continuaremos voltando para o Brasil”.

Já o Sepultura promete um concerto inédito ao lado da Orquestra Sinfônica Brasileira, intitulado “Sepultura in Concert”. Regida pelo maestro Eduardo Pereira, a mistura entre a potência do Sepultura, liderado por Andreas Kisser, e o som clássico da Orquestra Sinfônica Brasileira, promete arrepiar o público presente.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui