Além da pesquisa para governador, e a pesquisa para senador, o Ibope também perguntou aos eleitores do Rio de Janeiro sobre a intenção no voto para Presidente. Sem nenhuma surpresa, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) está isolado na frente com 35%, no país é 28%, já Fernando Haddad (PT) está bem abaixo da intenção de votos nacional que é 22%, aqui no Rio ele pontua apenas 14%, já Ciro Gomes (PDT) tem os mesmos 11%.

Interessante notar, que o eleitorado de Bolsonaro não está o acompanhando nos outros votos, seu filho, Flávio Bolsonaro (PSL) está com 22%, em empate técnico com o intragável Lindbergh Farias (PT) que tem 19%. Mas aqui temos de colocar um parênteses, as pesquisas, em todo o mundo, tem mostrado dificuldade em apanhar o eleitor mais conservador, foi assim nos EUA com o Trump e na Inglaterra com o Brexit, no próprio Rio na eleição para prefeito, o próprio Flávio pontuou muito melhor que nas pesquisas.



Voltando a falar da pesquisa para presidente, apesar de estar com 14% no Rio, o candidato de Haddad, Márcia Tiburi (PT) tem apenas 3% nas pesquisas, enquanto o de Ciro, Pedro Fernandes (PDT) tem 2%. Já Eduardo Paes (DEM) que teoricamente apóia Geraldo Alckmin (PSDB) mas não usa seu nome em sua campanha, tem 24% no Ibope e seu presidenciável meros 6%. Já Marina Silva (REDE) não tem candidato a governador, e fica com 6%.

João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) marcaram 2%. Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL) tiveram 1%, enquanto Vera Lucia (PSTU) e Eymael (DC) ficaram com 0%.

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.512 eleitores de 41 municípios do estado, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 22 a 24 de setembro
  • Registro no TRE: RJ?08813/2018
  • Registro no TSE: BR?06646/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e Editora Globo, que edita o jornal “O Globo”

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui