Dr. Jairinho - Foto: Divulgação/Câmara dos Vereadores do Rio

O deputado Noel de Carvalho (PSDB) protocolou nesta segunda-feira (12) pedido de revogação da Medalha Tiradentes dada ao vereador Jairo Souza Santos, o Doutor Jairinho, acusado de matar o enteado Henry Borel, de 4 anos. O vereador está preso. 
A medalha, máxima honraria concedida pelo estado a personalidades que tenham prestado bons serviços ao estado, ao Brasil e à humanidade, foi concedida em dezembro de 2007 pelo então deputado Antonio Pedregal.

Noel é autor da lei 4.725, de 15 de março de 2006, que obriga a notificação compulsória à autoridade policial e ao Conselho Tutelar, por parte das direções dos estabelecimentos de ensino e de saúde públicos e privados, localizados no Estado do Rio de Janeiro, nos casos de violência contra a criança e o adolescente.  

O projeto precisa ser votado pelos deputados.

É inimaginável que alguém cometa qualquer ato violento contra quem quer que seja, principalmente quando a vítima é uma criança, que não tem como se defender. É um ato muito covarde que se torna ainda mais repulsivo quando essas agressões resultam em morte.  A morte do Henry, que agora é um anjo, dói na nossa alma. Como parlamentar, sinto-me na obrigação de pedir a revogação da Medalha Tiradentes concedida ao Doutor Jairinho por se tratar da máxima honraria concedida a personalidades que tenham prestado bons serviços ao estado, ao Brasil e à humanidade”.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui