Justiça determina volta de Sérgio Cabral ao presídio da PM em Niterói

Essa é 4ª mudança de presídio do ex-governador, desde 3 de maio. A transferência foi determinada pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal

Foto: Jornal de Brasília

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, já está de volta à unidade prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. A sua transferência foi determinada pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal, nesta terça-feira (14).

Pela decisão, que teve como relator o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, Cabral deve ficar na Unidade Prisional da Polícia Militar até o fim do processo disciplinar. Na última página da decisão, Joaquim Domingos reproduz um ofício no qual a corporação explica as medidas tomadas para melhorar a segurança na unidade. Entre elas estão: o retorno do “confere” diário dos presos, a retirada dos trincos internos das celas, instalação de câmera no corredor da ala dos oficiais e a retirada do isopor do teto das celas.

Através de nota a defesa de Sérgio Cabral comentou a decisão da Justiça:

“A Corte corrigiu uma arbitrariedade baseada em suposições, jamais em fatos e provas”, afirmam os advogados Patrícia Proetti, Daniel Bialski e Bruno Borragine.

Essa é 4ª mudança de presídio do ex-governador, desde 3 de maio.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui