Foto: Reprodução Jornal Extra

Um leilão online de uma obra com símbolos nazistas, que aconteceria nesta sexta-feira (23/07), foi suspenso pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

A venda virtual teria um quadro enfeitado com diversos broches contendo a suástica, símbolo máximo do nazismo, e a frase “The strange loves of Adolf Hitler” (Os estranhos amores de Adolf Hitler). A peça ainda conta com uma assinatura que supostamente seria do ditador alemão.

A liminar da Justiça foi concedida pela juíza Angélica dos Santos Costa a pedido da Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj).

“Trata-se de uma situação fatídica que gere prejuízo à parte requerente e a toda comunidade judaica e outras vítimas do holocausto”, afirma, em trecho da decisão. A juíza também determinou a busca e apreensão do quadro.

A Justiça não revelou detalhes de quem seriam os autores do leilão virtual.

1 COMENTÁRIO

  1. Se você for à Europa isso é comum, apesar deles terem sofrido infinitamente mais do que o Brasil, leilões de materials da WWII, insígnias, livros, fotos, artefatos, medalhas e etc. tudo isso é facilmente encontrado em todos os lugares, até em muitas praças se você cavucar o chão encontra artefatos, isso é história, por mais hedionda que seja, não se pode apagar a história, é ridículo, coisa de republiqueta de bananas, se fosse assim esses jovens desmiolados não poderiam andar com camisetas do facínora assassino Che Guevara, Stalin, Mao e outras tantas pragas da Humanidade. Recentemente uma deputada publicou uma foto de Stálin, o ditador que matou milhões de soviéticos em Gulags, muito mais que Hitler. E hà pouco tempo um determinado candidato elogiou a ditadura militar chinesa, que mantém até hoje campos de concentração para subjugar quem pensa diferente deles, causa assombro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui