Comércio de Volta Redonda está fechado desde quinta-feira (21/05) - Foto: Fábio Guimas

Os municípios de Volta Redonda e Barra Mansa, pertencentes à Região Sul do estado do Rio de Janeiro e localizados a cerca de 12km um do outro, estão com seus comércios fechados novamente.

Em Volta Redonda, que só poderá ter suas lojas abertas novamente, no mínimo, na próxima quinta-feira (28/05), a decisão se dá devido ao aumento no número de casos de Coronavírus na cidade nos últimos dias.

Um acordo firmado entre a Prefeitura local e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) para a flexibilização do isolamento social prevê que a quantidade de casos suspeitos não pode ultrapassar 5% por 2 dias seguidos. Na última terça-feira (19/05), houve um aumento de 6,09%; já na quarta (20/05), as suspeitas subiram 7,6%. O município possui, hoje, cerca de 1.970 pacientes suspeitos.

Já em Barra Mansa, a ordem, que também parte do MPRJ, se faz necessária devido ao não-cumprimento de uma resolução do último dia 13/05 que determinava que a Prefeitura adotasse novamente, num prazo máximo de 2 dias, as recomendações de isolamento. Porém, isso não aconteceu, e o comércio local continuou funcionando.

Então, a juíza Anna Carolinne Licasalio da Costa sentenciou uma multa de R$ 10 mil por dia, a partir desta sexta (22/05), direcionada especificamente ao prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, caso a ordem continue sendo descumprida.

A magistrada justificou que, caso a multa fosse direcionada ao município, isso seria prejudicial à economia e aos moradores locais. Por isso, a penalidade foi decretada diretamente para o prefeito.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui