Bruno Kazuhiro: O projeto Dias de Glória busca que o futuro da região seja tão fantástico quanto seu passado

O ex-secretário de Turismo e atual pré-candidato a Deputado Estadual, Bruno Kazuhiro, contou ao DIÁRIO DO RIO sobre seu projeto “Dias de Glória”; e também falou sobre o futuro do programa, mesmo, não atuando mais na Secretaria Municipal

Em entrevista ao DIÁRIO DO RIO, Bruno Kazuhiro, ex-secretário municipal de Turismo e atual pré-candidato a Deputado Estadual pelo partido PSDB, fala sobre seu projeto mais recente, o “Dias de Glória”. Durante sua atuação como secretário, Bruno desenvolveu projetos em diversas áreas do Rio, porém sua grande joia é a Glória.

Kazuhiro contou que os bairros mais famosos já possuem um cuidado adicional e “a Glória merece também um carinho especial por parte da Prefeitura”. O pré-candidato alegou que quando estava na Secretaria de Turismo seu objetivo era criar um novo polo de atração turística na cidade “pertinho do aeroporto, do lado do Centro, próximo das praias, com história riquíssima, opções culturais como as rodas de samba e muito verde”.

Com o projeto “Dias de Glória”, Bruno quer retomar os dias gloriosos que ocorreram no passado, durante o governo Getúlio Vargas, e torna a região ainda mais atrativa. “O projeto Dias de Glória busca, exatamente, que o futuro da região seja tão fantástico quanto seu passado”, afirma o ex-secretário.

E Kazuhiro alega que a Glória tem um potencial gigantesco para ser um ponto turismo do Rio. “Inúmeras áreas verdes belíssimas que geram fotos dignas de parques europeus, imóveis de arquitetura icônica, monumentos lindíssimos, cenário cultural e gastronômico significativo e cada vez mais forte, investimentos privados de alto impacto e fácil acesso pelo transporte público, além da proximidade com o aeroporto. Isso tudo é a Glória”, finaliza.

O pré-candidato alega que após a conclusão das obras, a revitalização de 14 áreas públicas do bairro e de recuperação do asfaltamento, também será instalada áreas para lazer dos animais de estimação, uma sinalização turística de pontos de interesse, imóveis históricos, monumentos e o começo das atividades do LabTur.

O LabTur é o Laboratório de Inovação da Secretaria Municipal de Turismo, que ficará na Glória, dentro da ESPM. Bruno conta que quando entrou na secretaria percebeu a necessidade de uma iniciativa de apoio ao setor das startups, micro e pequenas empresas vinculadas ao turismo. “O LabTur vem para oferecer às empresas um espaço gratuito de coworking onde elas podem instalar sua sede, ajuda de custo para o transporte dos gestores e aulas de jurídico, marketing e financeiro para ajudar o negócio a caminhar com as próprias pernas”, completa.

Segue a entrevista na íntegra:

Fachada da Igreja de Nossa Senhora da Glória do Outeiro | Foto: Rafa Pereira – Diário do Rio

O que é o Dias de Glória?
O Dias de Glória é um programa que idealizei quando estava ocupando o cargo de Secretário Municipal de Turismo. Deixei o cargo para poder concorrer a Deputado Estadual. Hoje sou pré-candidato. A equipe da Secretaria está dando continuidade ao projeto que vai revitalizar todo o bairro, com requalificação urbana, reforma das áreas públicas, reabertura de espaços culturais e de lazer, sinalização turística, monitoramento por câmeras e instalação no bairro do LabTur, uma incubadora de micro e pequenas empresas ligadas à pauta do turismo, entre outras melhorias, entendendo que o bairro pode e deve ser uma nova centralidade turística do Rio de Janeiro.

Por que a Glória?
A Glória tem uma localização estratégica entre as praias da Zona Sul e o patrimônio histórico do Centro. E tem fácil acesso de ônibus e metrô. Além disso, é o bairro residencial com maior número de imóveis tombados e preservados e monumentos históricos por metro quadrado do Rio, tem atrativos como a Marina da Glória e o MAM, está ao lado do Aeroporto Santos Dumont e vem recebendo importantes investimentos do setor privado como o novo campus da ESPM, o hospital Glória D’or, o Teatro Prudential e empreendimentos imobiliários em prédios históricos como o Hotel Glória e a antiga Rádio Globo.

Por que não começar por um bairro mais famoso internacionalmente?
Os bairros mais famosos já possuem um cuidado adicional e a Glória merece também um carinho especial por parte da Prefeitura. Queremos justamente criar um novo polo de atração de turistas na cidade, pertinho do aeroporto, do lado do Centro, próximo das praias, com história riquíssima, opções culturais como as rodas de samba e muito verde.

Como o projeto se sustentará no futuro?
A Secretaria de Turismo realizará um monitoramento constante do bairro, apoiada pelas centenas de câmeras que estão sendo instaladas pela concessão de iluminação pública e que serão gerenciadas pelo Centro de Operações. Além disso, esperamos que os espaços públicos revitalizados ganhem vida e sejam frequentemente ocupados por cariocas e visitantes. A efervescência cultural já é característica do bairro.

Hoje a Glória é um bairro turístico?
Atualmente a Glória tem, como já dito, a localização, os atrativos, a história e o charme. Mas seus dias gloriosos ocorreram no passado, durante o governo Getúlio Vargas, quando as decisões nacionais e os protagonistas políticos e econômicos passavam pelo bairro. O projeto Dias de Glória busca, exatamente, que o futuro da região seja tão fantástico quanto seu passado.

Qual potencial turístico do bairro?
Inúmeras áreas verdes belíssimas que geram fotos dignas de parques europeus, imóveis de arquitetura icônica, monumentos lindíssimos, cenário cultural e gastronômico significativo e cada vez mais forte, investimentos privados de alto impacto e fácil acesso pelo transporte público, além da proximidade com o aeroporto. Isso tudo é a Glória.

O Hotel Glória hoje é uma memória, o que será dele?
O Hotel Glória foi adquirido por um banco de investimentos e será transformado num empreendimento residencial de alto padrão. O mesmo ocorreu com o antigo prédio da Rádio Globo. E outros edifícios estão indo pelo mesmo caminho no bairro. Sem dúvida são mais motivos para que exista um projeto de revitalização do bairro, afinal de contas, ele ganhará mais moradores, mais movimento, mais necessidade de serviços e mais atratividade.

Bairro da Glória – Praça Paris – Foto: Rafa Pereira / Diário do Rio

O que já foi feito pelo projeto?
Estive presente no lançamento do Dias de Glória em 15 de março desse ano no campus da ESPM. De lá pra cá, já conseguimos, junto com outros órgãos da Prefeitura e com o apoio do Prefeito Eduardo Paes, a iluminação de LED em mais de 50% do bairro, a reabertura do Memorial Getúlio Vargas, a adoção privada do Parque Lúcio Costa e o início das obras de revitalização de 14 áreas públicas do bairro e de recuperação do asfaltamento, totalizando um investimento de mais de 23 milhões de reais em infraestrutura.

O que ainda vem por aí?
A conclusão dessas obras, a instalação de áreas para lazer dos animais de estimação, a sinalização turística de pontos de interesse, imóveis históricos e monumentos e o começo das atividades do LabTur.

O que é o LabTur?
O LabTur é o Laboratório de Inovação da Secretaria Municipal de Turismo. Quando comandei a Secretaria percebi a necessidade de uma iniciativa de apoio ao setor das startups, micro e pequenas empresas vinculadas ao turismo. Sejam aplicativos que ajudam a locomoção dos turistas, sejam empresas que cuidam do turismo de base comunitária nas áreas mais humildes da cidade ou sejam questões relacionadas à imagem e à divulgação do Rio. O LabTur vem para oferecer às empresas um espaço gratuito de coworking onde elas podem instalar sua sede, ajuda de custo para o transporte dos gestores e aulas de jurídico, marketing e financeiro para ajudar o negócio a caminhar com as próprias pernas. O LabTur ficará na Glória, dentro da ESPM, que nos cedeu gentilmente o espaço físico. Assim, o Laboratório dialoga com o Dias de Glória.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Tem que impedir pontos de prostituição com pessoas expondo partes nuas do corpo na murada da rua perto da fonte, a população de rua sob as marquises, botar pontos de observação permanente e iluminação, fazer eventos de bandinhas, saraus, quartetos e recitais nas ruas, tornar o bairro um local de eventos e e movimento.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui