Foto: Divulgação

Criada em 2014, a King Funghi é uma das principais especialistas no ramo de Cogumelos do Rio de Janeiro. Funcionando apenas por delivery, com entregas regulares e semanais em toda a Zona Sul do Rio e principais bairros da Zona Norte, além de Barra, Recreio e Jacarepaguá, a marca expandiu sua área de entrega para Niterói e pretende, em breve, chegar à Baixada Fluminense.

A ideia partiu de Johnson Ferreira, que gostava muito de Cogumelos, mas não era um item fácil de encontrar. Entusiasta de alimentação saudável, ele continuou procurando e conheceu produtores, que lhe convidaram para conhecer a produção. interessado, decidiu estudar o assunto e começar a produzir.

Com muito estudo, tornou-se especialista no assunto e, junto com o pai, que é conhecido como Sr. Ferreira, decidiu montar uma produção em Paty do Alferes, região considerada com o melhor clima e ar para a produção de Cogumelos Shiitakes.

Em 2017, a combinação de alguns acidentes climáticos num espaço muito curto de tempo e o cenário econômico causaram perdas para a King Funghi, já que trata-se de uma produção muito delicada, que exige uma estrutura e manutenção caras, público restrito e logística complicada. Por isso, a marca parou as atividades no fim de 2018.

No fim de 2019, Johnny Ferreira, irmão de Johnson, foi ajudar na produção. Ao DIÁRIO DO RIO, ele contou que seu pai construiu tudo: “das fundações das estufas ao telhado, das estantes ao tanque de choque, piso, elétrica, climatização… tudo! E com as próprias mãos!”.

Por isso, a família recomeçou, visando manter algum crescimento sustentável, de forma que possa estar forte o suficiente para não sofrer tanto com as surpresas futuras, tanto do clima quanto do mercado.

Fizemos parcerias na produção e nos dedicamos à logística de distribuição, que atualmente é nosso foco principal. Além dos nossos Cogumelos, também distribuímos os outros principais tipos e de diversos produtores, então temos o Shiitake, Paris, Portobello, Shimeji, Eryngui, Hiratake e Enoqui. Nem todos são orgânicos, mas todos são agroecológicos. São produtores que não têm certificação orgânica, mas que produzem comida sem veneno, sem agrotóxicos e com práticas que se encaixam nos ciclos naturais. A certificação orgânica é cara e nem todos podem pagar, diferentemente da certificação agroecológica“, explicou Johnny.

Pandemia

Período de grande dificuldade econômica para grande parte dos setores econômicos, a pandemia não foi diferente para a King Funghi.

Se por um lado a pandemia aumentou muito a venda online e a entrega em domicílio (nossas únicas formas de venda, pois não temos loja física), por um outro, o dinheiro sumiu e as coisas ficaram muito mais caras, então as vendas despencaram em 2021. Hoje vendemos menos da metade que vendíamos no ano passado e estamos recorrendo a parcerias na produção, intensificação da busca por clientes nas redes sociais, nos grupos de WhatsApp e páginas de alimentação saudável, vegetariana e vegana“, contou Johnny.

Como pedir?

Os pedidos podem ser feitos pelo WhatsApp: (21) 98305-3880, ou pelo Instagram. As entregas são semanais e as datas dependem dos bairros, mas são sempre no dia seguinte ao pedido. Para mais informações, basta entrar em contato com a marca.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui