Lateral do Flamengo afirma que não bebeu antes de atropelar entregador de aplicativo

Ramon afirmou que vai colaborar com as investigações e que busca forças para auxiliar a família da vítima. A Polícia vai analisar as imagens de câmeras próximas ao local

Foto: Divulgação

Na noite deste sábado (04/12), o lateral esquerdo do Flamengo, Ramon, atropelou um ciclista na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca. A vítima, Jonatas Davi dos Santos, de 30 anos, trabalhava como entregador de aplicativo e morreu a caminho do hospital.

Ramon diz não ter bebido antes do acidente. O jogador se apresentou em uma delegacia da região após o caso e foi liberado depois de ter sido ouvido pelos policiais. Foi ele quem chamou a ambulância e solicitou o atendimento à vítima.

Em depoimento, Ramon relatou que foi surpreendido pelo ciclista, que atravessou a pista no momento que ele estava passando. De acordo com a polícia, ele não apresentava sinais de embriaguez.

Em nota, Ramon afirmou que lamenta o ocorrido e colabora com as investigações e que busca forças para auxiliar, em tudo o que for necessário, a família da vítima.

A Polícia Civil afirmou que vai pedir as imagens de câmeras próximas ao local do acidente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui