Praça Seca (Foto: Reprodução Internet)

A Câmara Municipal aprovou nesta semana, em segunda discussão, o Projeto de Lei de autoria do vereador Felipe Michel que reconhece o Polo Gastronômico e Cultural no trecho entre a Praça Seca e a rua Cândido Benício, no bairro da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a proposta, serão permitidas a instalação de barracas no entorno da praça, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento econômico e cultural, e também a utilização do Coreto e do Chafariz da Praça Seca, a fim de promover a arte no local. 

Segundo o texto da medida, os estabelecimentos gastronômicos têm sido fundamentais para a manutenção da vida social no bairro, devendo ser cada vez mais incentivados a resgatar a essência do local.

Nasci e fui criado na Praça Seca, e sempre senti o abandono do bairro. Minha obrigação como morador e vereador da minha cidade é valorizar a região e os comerciantes da área, tão fundamentais para a manutenção da vida social dali”, disse Felipe Michel. 

Agora, a proposta será encaminhada ao Executivo para sanção do prefeito Marcelo Crivella.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui