Foto: Divulgação

Após mais de sete meses sem ser realizada, em função da pandemia do Coronavírus, a Operação Lei Seca já flagrou 104 motoristas dirigindo alcoolizado desde o início da Operação Verão, no dia 21 de dezembro. O número corresponde a 11,5% do total de 904 motoristas abordados em 45 blitze.

Antes da pandemia da Covid-19, o número de motoristas dirigindo embriagados correspondia a 4%. O alto índice de alcoolemia preocupa as autoridades.

Neste retorno, verificamos aumento no índice de pessoas abordadas sob o efeito de álcool. O número preocupa o governo do estado e estamos intensificando as operações de fiscalização para levar a mensagem para não dirigir depois de beber”, afirmou o tenente coronel Marcelo Rocha, superintendente da Operação Lei Seca ao programa Bom Dia RJ, da Rede Globo.

Em outubro, a Operação Lei Seca foi antecipada por causa do aumento no número de acidentes de trânsito.

Durante o Réveillon, a previsão é que a fiscalização atue com 39 ações de prevenção e educação, sobretudo em locais de grande movimento. Serão 250 agentes trabalhando com folgas reduzidas para evitar acidentes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui