LibertaRio é um sucesso

Prestigiaram o evento o deputado federal Paulo Ganime e o vereador Pedro Duarte, até Indio da Costa marcou presença

Está sendo um sucesso o curso de formação de liberais fluminenses, LibertaRio, promovido pelo deputado estadual do Rio Alexandre Freitas (sem partido) em parceria com o Instituto Liberal. A abertura realizada no hotel Arena, em Copacabana, na segunda-feira (06/12), reuniu 70 pessoas para assistir à palestra inaugural do presidente do Instituto Mises, Helio Beltrão, e à primeira aula do curso, ministrada por Lucas Berlanza, presidente do Instituto Liberal.

Prestigiaram o evento o deputado federal Paulo Ganime e o vereador Pedro Duarte, parlamentares do Novo, antiga legenda de Alexandre Freitas, que está indo para o Podemos. Até o ex-deputado federal Índio da Costa, apareceu por lá.

O objetivo do LibertaRio é formar “Embaixadores da Liberdade” em todo o estado do Rio, que recebam conhecimento sobre ideias liberais e libertárias para se mobilizarem em seus municípios pela aprovação de leis em defesa da liberdade individual, do livre mercado e da redução do Estado. Também são professores do LibertaRio Leandro Narloch, Rodrigo Saraiva Marinho, Dennys Xavier, Geanluca Lorenzon e o próprio deputado Freitas, que apresentam suas aulas de forma virtual para cerca de 200 inscritos.

O encerramento do curso será feito com palestra final do empresário Salim Mattar, dono do grupo Localiza e um dos maiores apoiadores do movimento liberal no país. Todo o conteúdo do LibertaRio está sendo transmitido aos alunos pelo canal do deputado no YouTube Parlamentando.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Cloroquina da economia. A política carioca precisa pé no chão, medidas econômicas pontuais e concretas, não de abstrações sem relação com a realidade.

    • Nada disso. O erário do Estado e da Prefeitura estão destroçados justamente porque não seguem as sãs doutrinas financeiras. Outra, nossa decadência está também ligada à fé bizarra na religião chamada GOVERNO. Não é do governo que virá a solução pro nosso estado, mas de negócios livres gerando emprego, gerando transações, gerando renda.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui