Lixo e abandono em uma das áreas mais valorizadas do Centro do Rio

Delírio Tropical da Assembleia

Quem passa pela Rua da Assembleia as 18.30 nem imagina que está em um dos metros quadrados mais valorizados do Rio de Janeiro tamanha é a sujeira deixada pelo restaurante Delírio Tropical. Quem faz fila no horário do almoço não deve imaginar que tudo aquilo vem de uma cadeia de restaurantes que vende a ideia de ser saudável.

O Delírio Tropical tem há anos colocado o seu lixo para fora no horário que se sai do trabalho fazendo com que os pedestres caminhem no meio de sacos de lixo e possam escorregar no chorume deixado pelos restos de comida, como foi o caso de Nely Vidinha, este e outros comentários podem ser vistos neste post na página do Diário do Rio no Facebook. Sendo motivo de reclamação de todos os prédios no entorno, como o Assembleia 36, 38 e 40, mas nada foi feito até hoje pelo restaurante.

Para completar a porcaria, no fim do dia os funcionários jogam o lixo no chão e com a água empurram tudo para a calçada. Uma completa falta de respeito com os cariocas! E, novamente pelo Facebook, não é problema apenas da filial da Assembleia, o Delírio Tropical faz o mesmo em sua filial na Rua Santa Luzia.

E não dá para culpar a Comlurb, já que outros restaurantes no mesmo quarteirão não fazem o mesmo de deixar os seus restos tão cedo na rua. Ainda mais porque a coleta é feita por uma empresa particular e não pela Prefeitura do Rio, seria de esperar mais atenção então, não é?

A situação na minha opinião ainda é pior quando se pensa que um dos sócios do Delírio é o treinador de vôlei e pré candidato a governador pelo PSDB, Bernardinho. Se é assim que ele trata as ruas e a limpeza pública como empresário imagine como governante de nosso estado? Um péssimo exemplo que dá o tucano!

Bem, depois disso eu que não tenho mais coragem de comer no Delírio Tropical, sei lá como é a cozinha deles. E você ?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui