Foto: Brenno Carvalho/Agência O Globo

Nesta quinta-feira (07/05), a Prefeitura do Rio de Janeiro deu início a medidas mais rígidas de isolamento social na Zona Oeste da cidade, mais precisamente no bairro de Campo Grande, com o calçadão da região e ruas em seu entorno sendo parcialmente interditados, só podendo, a partir de agora, funcionarem serviços considerados essenciais, como farmácias, supermercados, bancos e lojas de material de construção.

Este chamado ”lockdown parcial”, entretanto, não será restrito a Campo Grande e adjacências. A tendência é que a Zona Sul do Rio também seja afetada pelas medidas, começando, no próximo dia 18/05, por Copacabana.

Segundo informação do secretário municipal de Ordem Pública, Gutemberg de Paula Fonseca, as principais vias do bairro, bem como os acessos à praia, deverão ser bloqueados com a utilização de grades de proteção.

Vale lembrar que, no momento, Copacabana é o bairro do Rio com maior número de casos confirmados (386) e de mortes (57) causadas pelo Coronavírus.

4 COMENTÁRIOS

  1. Esses canalhas estão agindo feito uns ditadoreszinhos de bosta, calhordas,verdeiros gângsteres, se aproveitando da desgraça alheia para impor suas decisões imbecis e esdrúxulas para levar o país ao caos financeiro e se locupletarem com fins eleitoreiras,pulhas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui