Franquia da Kopenhagen de Flávio Bolsonaro, no Via Parque Shopping, está fechada (Foto: Reprodução Jornal O Globo)

A unidade da loja de chocolates da Kopenhagen do senador Flávio Bolsonaro, no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, foi fechada com tapumes. Segundo a administração do centro comercial, o estabelecimento foi vendido para um grupo de empresários. Ela foi adquirida pelo filho mais velho do presidente em 2015 e investigada pelo Ministério Público por fraudar notas fiscais e lavagem de dinheiro das “rachadinhas“. A informação foi dada pelo jornalista Ancelmo Gois.

A loja da Kopenhagen, situada no primeiro piso do shopping, está atualmente sob a gestão da própria marca, pertencente ao grupo CRM. A empresa Bolsotini não é mais responsável pela gestão da loja“, diz a nota oficial da assessoria de imprensa do Shopping.

Na ocasião, as investigações do MP foram deflagradas após o empresário que vendeu a franquia fazer a denúncia, afirmando que estava sendo ameaçado de morte.


Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui