Foto de formulário PxHere

De acordo com o site especializado em aviação, Aeroin, a Lufthansa que pretendia retomar as operações ao Rio de Janeiro em 1º de junho, adiou novamente seus projetos. A companhia aérea agora pretende que o retorno aconteça apenas em 2 de outubro.

O motivo, claro, são às restrições causadas pela pandemia do coronavírus e o impacto causado na demanda de voos da Lufthansa. As últimas operações da empresa alemã em solo carioca foram em março de 2020, poucos dias antes da cidade começar as restrições.

As operações serão realizadas no Airbus A340, a mesma aeronave que planejavam usar com o cronograma provisório a partir de junho. De acordo com as informações atuais, a Lufthansa pretender ter três voos semanais entre as duas cidades. A empresa oferecerá 837 assentos por semana entre Frankfurt e Rio e vice-versa.

Todo esse cronograma está sujeito a alterações que podem ocorrer nas próximas semanas, pois dependerá da situação da COVID-19 na Europa e América Latina, das restrições de viagens e do impacto na demanda.

De acordo com a Aeroin,atualmente, o Rio de Janeiro tem poucas conexões de e para a Europa em comparação a fevereiro e março de 2020. Air France, KLM e TAP são as únicas empresas a operar no aeroporto do Galeão, provenientes da Holanda, França e Portugal, respectivamente.

4 COMENTÁRIOS

  1. Forçar o passageiro a largar o Santos Dumont e usar o ultrapassado galeão é a mesma coisa que pedir para beber pepsi e largar de beber coca cola . ninguém mais quer usar o violento galeão.

    • Violento Galeão??? Ele bate nos passageiros?

      Guarulhos fica ao lado de um presídio e o caminho até lá também sofre com assaltos. Mas se vc tem mentalidade de cidadezinha de interior, pega o voozinho e vá gerar empregos no estado de SP.

  2. Enquanto Galeão está em dificuldades, SDU parece aeródromo de interior: enche uns aviõezinhos teco-tecos, para alimentar aeros internacionais em outros estados.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui