O candidato à Prefeitura do Rio em 2020, Luiz Lima (PSL), quer uma Secretaria Municipal de Transportes mais atuante. Em caminhada pelas ruas da Taquara, na Zona Oeste, nesta terça-feira (20), o ex-atleta olímpico ouviu queixas de moradores sobre o serviço prestado pelos ônibus e afirmou que a prefeitura terá mais rigor ao fiscalizar e punir as empresas.

Quero a prefeitura fiscalizando de surpresa e fazendo relatórios 24 horas por dia para ver se as empresas estão com ônibus nas ruas. A Secretaria de Transportes tem que funcionar. Não podemos ceder à pressão de empresários. Temos que servir à população, com gente competente, técnica e motivada. Não vamos permitir interferências políticas em qualquer secretaria da Prefeitura. Vamos abrir um canal de reclamações para o setor através do 1746. Meu pai sempre me falou: ‘nunca vi um dono de empresa de ônibus pobre’. Cabe a eles regular os horários para que o cidadão tenha acesso aos ônibus. Na Zona Oeste, principalmente em Campo Grande e em Santa Cruz, a gente tem muitas reclamações sobre linhas que somem de repente. Mas cabe à prefeitura ordenar e fiscalizar esse serviço, que é uma concessão. Cabe à prefeitura também multar e pedir o cancelamento do contrato de concessão, se for necessário, em caso de reincidência e de não prestação do serviço“, disse.

Para Luiz Lima, o descaso do governo Crivella no setor de mobilidade é notório. Estudos apontam que pelo menos 135 itinerários têm problemas. “A atual Secretaria de Transportes alega que aplicou 4.092 multas aos quatro consórcios que exploram as linhas de ônibus e ao BRT, mas nas ruas a gente vê que não há qualquer resultado“, criticou.

O candidato também reconheceu o momento difícil enfrentado por todos os setores da economia na pandemia, como no caso dos empresários de ônibus, no entanto, pediu mais respeito aos usuários do transporte público. “É de fundamental importância a gente entender a malha de ônibus e as concessões das linhas. É claro que nem todos os horários são lucrativos para as empresas, mas se elas não mantiverem os horários e o cidadão ficar sem opção, elas devem ser penalizadas até com a perda da concessão. Entendemos que as empresas foram atingidas pela falta de passageiros e tentaram se readequar para diminuir os prejuízos no setor, mas é preciso ter responsabilidade e respeito ao cidadão“.

3 COMENTÁRIOS

  1. O cara não tem experiencia nenhuma em gestão, nunca administrou nada na vida e ta querendo ser prefeito… haha é uma piada esse Luiz Lima! Volta pra piscina Nadador!

  2. Novamente muito falatório sobre os problemas, mas como sempre nenhuma proposta viável! Usar palavras bonitas não quer dizer eficiência! Até pq o Luiz Lima não tem experiência alguma em gestão pública!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui