O programa Luz Maravilha começou nesta quinta-feira, (12/2), por localidades da Zona Oeste do Rio – Muzema, Jardim Clarice,Camorim e Curicica. A escolha dos locais foi um cruzamento de dados técnicos, de segurança pública e do Índice de Desenvolvimento Humano – IDH.

A secretaria de Infraestrutura e a Rioluz criaram um cronograma e até dia 31 de março serão instalados 45 mil novos pontos de iluminação de led.

A Parceria Público Privada que tem o objetivo de modernizar e eficientizar todo sistema de iluminação pública da cidade até 2022 com 450 mil pontos de iluminação de LED. O sistema prevê uma economia de até 60% nas contas públicas.

O Rio voltando a ser a cidade Maravilhosa e agora iluminada com o Luz Maravilha. Muito bom começar esse programa por lugares onde a população é mais carente – comemora a secretária Katia Souza ao acender a nova iluminação no Jardim Clarice.

Hoje, a Rioluz possui aproximadamente 60 mil postes, o que equivale a 15% dos postes da cidade e praticamente todos estes são de metal ou concreto. O Luz Maravilha prevê a substituição de 35 mil postes na cidade, seguindo critérios técnicos que avaliam o estado de conservação do equipamento. Os postes metálicos que não forem substituídos serão pintados com tinta isolante elétrica, também os postes tombados e coloniais. Todos os postes da cidade serão modernizados.

? Esse programa vai modernizar a cidade. Uma cidade iluminada, é uma cidade segura – declara o presidente da Rioluz, Bruno Bonetti.

Além disso, a PPP prevê também os serviços de cidade inteligente, como a instalação de 10.000 câmeras de segurança, sendo que 40% do equipamento contará com tecnologia de reconhecimento facial, cinco mil pontos wi-fi, instalação de três mil sensores de resíduos sólidos em bueiros, e 1.500 sensores semafóricos. Tudo isso será monitorado pelo CCO – Centro de Comando de Operações – uma espécie de centro de controle, integrado ao COR, que fará toda a operação e monitoramento da cidade agilizando na tomada de decisão sobre incidentes que impactam o dia a dia da cidade.

Também estiveram presentes no ato o vice-prefeito e secretário de Habitação, Nilton Caldeira e a subprefeita de Jacarepaguá, Talita Galhardo.

14 COMENTÁRIOS

  1. Otimo trabalho dessa nova gestão, estão de parabéns. Entendo que não dará tempo de atender a todos. Mas se possível olharem pela iluminação da rua Pinto Teles que inicia na Rua Candido Benicio, seria providencial a colocação dessa nova tecnologia, pois é uma rua com um movimento grande sofrendo diversos assaltos seus moradores, a rua se encontra muito escura p ser transitada principalmente a noite

  2. Gostaria que fosse dado prioridade de nova iluminação para a Rua Rodolfo Portugal Milward, na Curicica. lá a iluminacao e deficiente e facilita a investida de assaltantes.

  3. Tem uma praça muito MAL ILUMINADA ao lado do acesso da Transolimpica da Estrada do Rio Grande, com umas 30 árvores muito bonitas, Só que os seguidores de DETERMINADAS RELIGIÕES , insistem em colocar VELAS onde está provocando a destruição das raízes .Algumas árvores com buracos enormes que da para ver do outro lado. Acho que se for iluminada deve diminuir bastante essa agressão as árvores tamo bonitas.

  4. Na Estrada do Engenho velho esquina com Rui das Dores faz 6 meses que esta com três postes com lâmpadas queimadas. Esta colocando a vida dos moradores em risco devido a escuridão.Peço a Rio luz que providencie as trocas de lâmpadas urgente.

  5. Gostaria que dessem atenção a Rua Lucília em campo grande que é o caminho de muitos até a estrada da carona. Trocam a luz por luz amarela que deixa o local escuro e tenebroso. Estrada da carona não existe condução. Tem que ser ir a pé para casa e no escuro. Mídia filhos no colégio e trabalhadores sofrem. Não queremos pagar taxa de luz, sendo que não a temos de fato

  6. Acho muito bom modernizar a iluminação pública dos bairros como um todo principalmente ter luz branca em vez das amarelas, pois ajuda muito na segurança. O bairro Camorim em Jacarepaguá devia ter uma atenção melhor principalmente no que se diz respeito a conservação das calçadas na Estrada dos Bandeirantes pois nem todas as calçadas são de responsabilidade do imóvel em frente . e sim da prefeitura. Além disso, o bairro está em constante desenvolvimento imobiliário e já tem muitos condomínios residenciais, comércio variado e várias empresas também

  7. Achei interessante. Porém a praca Alfredo da Silva Neves(Jacarepagua’-Taquara). Depois de varios Protocoplos fechados, o problemas não foram solucionados.

  8. O Jardim Clarice não e carente, pagamos IPTU e bem alto, taxa de incêndio, água e luz
    Apesar que o sistema foi ótimo, muito iluminado principalmente , infelizmente, na nossa bela cidade dominada pelo crime

  9. Muito interessante. Mas este projeto não invalida o conserto da iluminação já existente. Certo? Em frente a minha casa, tem um poste de luz que funciona como pisca-pisca. Depois de 3 protocolos encerrados sem que fosse realizado o conserto. Foi realizada a troca da lâmpada, sem sucesso. Pois o problema é no braço e não dá lâmpada ??

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui