A Avenida Presidente Vargas, no Centro, Iluminada - Fabio Motta / Prefeitura do Rio

No último mês, o Instituto Rio21 realizou uma pesquisa de avaliação da gestão do Governo Municipal do Rio de Janeiro, encomendada pelo DIÁRIO DO RIO, que buscava compreender a percepção da população carioca sobre as ações da Prefeitura. Um dos tópicos analisados foi o conhecimento e aprovação da população carioca sobre o Programa Reviver Centro, projeto que almeja atrair novos moradores para a região central da cidade.

Segundo a Diretora de Pesquisa do Instituto Rio21, Ana Flávia Assumpção: “Ao  analisar os dados percebemos que a população carioca já tem um amplo conhecimento sobre o programa (apenas 15,7% dos entrevistados nunca ouviram falar ou não lembram) e, sobretudo, há um grande apoio para que seja colocado em prática de fato (80,2% declararam ser favoráveis ao programa). Com destaque, para os jovens entre 16 e 29 anos, que além de conhecerem e apoiarem o Reviver Centro, também têm grande potencial de se tornarem moradores do Centro, devido à perspectiva de início de uma carreira, por exemplo.”

Confira a seguir os dados por grupos populacionais:

Constatou-se que o percentual de entrevistados que declarou conhecer o Programa Reviver Centro é maior para o grupo masculino do que feminino. Cerca de 19,9% das entrevistadas do sexo feminino afirmaram nunca terem ouvido falar do Programa. Em contraste, essa proporção é de apenas 6,6% para o sexo masculino. Uma similaridade entre os sexos é que a maioria de seus integrantes conheceram o Programa Reviver Centro através de notícias e posts na Internet.

Ao analisar o conhecimento dos entrevistados sobre o Programa por renda familiar mensal, nota-se que quanto mais rico, maior o percentual de entrevistados que o conhecem. Enquanto 75,4% das pessoas com renda familiar mensal de até 1 salário mínimo afirmaram já terem ouvido falar do projeto, essa proporção sobe para 92,3% no caso dos respondentes com renda familiar mensal acima de 15 salários mínimos.

Na categoria idade, todas as faixas etárias apresentam elevado percentual de conhecimento sobre o programa. O percentual dos que afirmaram já terem ouvido falar do projeto é, em todas faixas, acima de 79% – com destaque para os jovens entre 16 e 24 anos (88,7%).

Outro aspecto avaliado pela pesquisa do Instituto Rio21 foi a aprovação do Programa Reviver Centro pela população carioca. Aos entrevistados foi perguntado se eles eram a favor ou contra o programa e em que intensidade.

Os entrevistados pertencentes ao sexo masculino demonstraram um apoio maior ao projeto. Enquanto 75,5% das entrevistadas do sexo feminino afirmaram serem favoráveis ao Programa Reviver Centro, a aprovação dentre o sexo masculino foi ainda maior: 83,3% se declararam a favor ou muito a favor, apresentando uma diferença de 7,7 pontos percentuais em relação ao sexo feminino.

Já em relação à faixa de renda familiar mensal, todos os grupos se mostraram favoráveis ao Programa Reviver Centro, com percentuais sempre acima de 70%. Dentre os que demonstraram o maior apoio estão os com a renda mensal familiar acima de 15 salários mínimos e entre 5 e 10 salários mínimos, com 86,2% de ambos os grupos terem se posicionado favoráveis ou muito favoráveis à medida.

Por sua vez, na categoria idade, os mais jovens são os que mais apoiam o Programa Reviver Centro. Enquanto 94,1% dos entrevistados de 16 a 24 anos responderam que são a favor ou muito a favor do projeto, esse percentual cai para 77,5% no caso de 60 anos ou mais.

Esta é a primeira de uma série de pesquisas trimestrais que serão realizadas até o final do mandato, de modo a compormos uma série histórica de avaliação do governo.

* Pesquisa quantitativa com disponibilização de questionário online via e-mail e redes sociais, realizada entre os dias 04 e 12 de agosto de 2021, com 1249 entrevistados.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui