Dos 8.577 casos confirmados de Coronavírus na cidade do Rio de Janeiro até a tarde desta quinta-feira (07/05), 2.119 não têm local especificado, de acordo com dados da Prefeitura. No painel oficial do munícipio, que mostra o número de infectados e mortos pela Covid-19 detalhando os bairros onde as contaminações aconteceram, o campo “indefinido” – que não indica nenhuma região – sobe a cada dia.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) diz que esclarece que o número de casos com indefinição de bairro não compromete as estratégias adotadas pela Prefeitura do Rio para conter o avanço da transmissão do coronavírus. As medidas restritivas são válidas para toda a cidade, independentemente do endereço e faixa etária.

A SMS informa, ainda, que: “Há uma resolução da SMS (nº 4331, de 17/03/2020), normatizando o preenchimento dos formulários de notificação, que deve ser seguida por unidades privadas e públicas. As autoridades de vigilância em saúde estão reforçando a necessidade de seguir a nota técnica. O número maior de indefinição em relação a bairros é proveniente de laboratórios privados”.

O infectologista André Miranda acredita que essa falta de clareza nos dados atrapalhe o trabalho para conter o avanço de Coronavírus na cidade do Rio de Janeiro.

“Com os números precisos de casos em cada bairro fica mais fácil para a Prefeitura preparar ações específicas em locais com maior número de contágios, por exemplo, como o lockdown que está sendo aplicado em Campo Grande, local com muitos infectados”, destaca André.

Este sistema da Prefeitura entrou no ar no último dia 21/03.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui