Manifestações são Pró-governo e não a favor da democracia, Foto Paulo Pinto

Fico lendo jornais nacionais e eles falam “Hoje teve manifestação a favor da democracia”, “Movimento Pró Democracia”. Imagino, que coisa linda, esquerda e direita unidas a favor da unidade democrática do Brasil! Claro que não, balela, São movimentos a favor do governo e não da democracia.

Estas manifestações, assim como as pró-impeachment, fazem parte do movimento democrático brasileiro. Ambos os lados tem seus loucos, de um lado tem quem ache que os militares devem assumir um governo (e qual general assumiria, pergunto) e do outro tem quem ache que o PT e seus satélites deveriam ser os únicos partidos do Brasil.

Dizer “Não Vai Ter Golpe”, nada mais é que uma frase marqueteira. Na falta de uma bandeira, seja ética, transparência ou capacidade administrativa, sobra para os defensores do governo falar que defendem a democracia. Coisa de quem mudou um partido inteiro por uma melhor propaganda e todos nós fomos caindo como patos.

Não é golpe pedir o impeachment de uma presidente incompetente, de um governo baseado em mentiras e propinas, como mostra as seguidas denúncias das operações da Lava Jato, nada mais é que pedir que o país volte aos trilhos. Não existe impeachment de presidente que não foi democraticamente eleito, foi assim com Collor, será assim com Dilma.

Então, aos colegas da imprensa, parem de chamar movimentos pró-governo de movimentos a favor da democracia. Se eles passarem a chamar de abacaxi a banana, não significa que vocês também tem de chamar assim.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui