Mapa Metropolitano de Transportes chega para facilitar locomoção no Rio

Mapa Metropolitano de Transportes chega para facilitar locomoção no Rio

6 de dezembro de 2018 0 Por Felipe Lucena
Compartilhe

Lançando no início desta semana, em uma cerimônia no auditório anexo do Palácio Guanabara, em Laranjeiras, o Mapa Rio Metropolitano de Transportes tem o objetivo de padronizar a visualização de todos os serviços de transportes de alta e média capacidades e as respectivas integrações disponíveis aos usuários.

A ferramenta, muito comum em diversos locais do mundo, não era utilizada no Rio de Janeiro. A ideia é, entre outros benefícios, facilitar a locomoção de moradores do estado do Rio e turistas.

“Estamos acostumados a utilizar mapas semelhantes em todo o mundo, mas não contávamos com um no Rio de Janeiro. Disponibilizar a rede estrutural de transportes de uma maneira padronizada é uma forma de aprimorar a mobilidade dos usuários e promover a integração entre todos os modais”, destacou Rodrigo Vieira, secretário de Estado de Transportes



Todos os modais de transporte público, estações e terminais rodoviários sob competência do estado deverão expor o Mapa em local visível, assim como de seu respectivo selo com QR Code para que o usuário possa baixá-lo no celular.

O Mapa e o QR Code também deverão estar presentes nos pontos de parada e materiais de comunicação e divulgação dos concessionários e permissionários do transporte público.

Os modais municipais também poderão disponibilizar esse conteúdo em seus respectivos sistemas de transporte e materiais de divulgação, o que facilitará ainda mais a mobilidade do cidadão fluminense.

Durante a cerimônia que marcou o lançamento do Mapa Rio Metropolitano de Transportes, Rodrigo Vieira alertou, ainda, que as atualizações da ferramenta serão frequentes, no intuito de melhorar o serviço.

O prazo para adequação é de 30 dias, que começou a ser contado na segunda-feira 03/12, data de publicação da resolução no Diário Oficial.

Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da distância, sempre foi (e pretende continuar sendo) um assíduo frequentador das mais diversas regiões da Cidade Maravilhosa.


Compartilhe