Todos já consideravam Marcelo Crivella no 2o turno das eleições que estão por vir. A estratégia era, a gente tem de chegar em 2o lugar para virar as eleições no 2o turno. Realmente, Crivella vinha ali em primeiro lugar, a rejeição diminuindo, apoio da Tv Record, a Rede Globo evitando bater, Lula apoiando… tudo estava bom. Mas, quis o destino, que a verdadeira cara do projeto eleitoreiro Cimento Social, se mostrasse. Basta ler o que diz os pré-candidatos, mostrando o que estava de errado no projeto de Crivella.

E agora já começa aos poucos o abandono a candidatura de Crivella, o PTB disse ontem que deve apoiar Eduardo Paes, deixando o Bispo da Igreja Universal praticamente sozinho na corrida. O problema não é o tempo de Tv, isso não ganha mais eleição com o aumento da Tv Paga, é o sinal da decadência de sua candidatura. O PTB indicaria um vice-católico, que seria um sinal para todos de que a IURD não faria parte do governo Crivella (até parece).

Nessa, nem se a novela “Mutantes” aparecesse com um herói capaz de mudar o passado ou mexer com as maquininhas de votação poderia ajudar Crivella. O Bispo sai menor destas eleições e pode até ficar difícil sua eleição para o Senado em 2010, quando vai haver candidatos de peso: Cesar Maia, Leonardo Picciani, Benedita…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui