Marcelo Freixo - Reprodução Internet

O PSol já teve sua convenção e decidiu ter como candidata a prefeita do Rio, a deputada estadual Renata Souza, e como vice o coronel da PM, Ibis Pereira. E tudo parecia acertado, Renata inclusive deu entrevista ao Diário do Rio como pré-candidata e com suas propostas para a cidade:

Mas o furacão que foi essa semana no Rio de Janeiro, na terça, 8/9, busca e apreensão na casa do ex-prefeito do Rio, e favorito na eleição 2020, Eduardo Paes (DEM), na quinta, 10/9, é a vez de busca e apreensão na casa do prefeito do Rio, e favorito para ir no 2º das eleições municipais, Marcelo Crivella (Republicanos) e finalmente na sexta-feira, 11/9, é a vez da pré-candidata pelo PTB, Cristiane Brasil, ser presa por desvios.

Pois bem, apesar da convenção do PSol, e do furacão ter passado na direita carioca, Marcelo Freixo (PSol) voltou a ser requisitado para ser candidato a prefeito do Rio. De acordo com Lauro Jardim/O Globo, um abaixo-assinado de artistas pedindo que Freixo reconsidere a decisão, e não se candidatar à prefeitura do Rio de Janeiro, fez com que ele passasse a admitir a possibilidade de debater o tema.

Entretanto, ele insiste que só será candidato se houver união das esquerdas, então depende de Alessandro Molon (PSB) e Carlos Lupi (PDT) toparem o debate. Só que estes dois apoiam Martha Rocha (PDT) que, inclusive, aparece bem nas pesquisas em 3º lugar e com pouquíssima rejeição. E ainda tem o PT com Benedita da Silva, que aparece colada com Martha, mas com rejeição maior.

Tudo pode mudar até o fim das convenções, mas parece muito difícil que PDT e PT desistam de suas candidaturas próprias para apoiarem Freixo.

10 COMENTÁRIOS

  1. Claramente vi o Freixo um vassalo do PT. Pede uniao a esquerda e vai primeiro ao PT. Quem não soube construir uma aliança foi o Freixo, quando resolveu pedir benção ao Lula e não costurar uma aliança progressista, pautada nos intereses da Cidade.
    Os partidos de esquerda, constrói como os outros, alianças muito estranhas no âmbito Municipal.
    Aqui mesmo no Rio, o PT apoiou Eduardo Paes.
    Sei que hoje o Marcelo Freixo é maior que a esquerda, e que os partidos de esquerda deveriam construir uma aliança em torno dele. O protagonismo deveria ser dele. O Freixo respeitou de mais o PT. O Freixo só, chegaria ao 2° turno.
    Freixo erra em querer uma unidade progressista quando em um passado recente o PT criou a desilusão dos eleitores cariocas.
    Dizer querer ter uma unidade em tordo de uma candidatura e se abster da distuta por não encontrar concenso, na minha opinião e covardia. Com isso facilitará cominho para o corrupto do Eduardo Paes, ir para o 2° turno e assim disputar não com o Marcelo Crivella e sim com o Deputado. Federal, o liberal Luís Lima do PSL.
    parecido que foi grande vencedor das eleições federais e elegeu o Presidente.
    Freixo ao sair da disputa deixa o caminho livre para direita ganhar a prefeitura do Rio.
    Meu palpite e Luiz Lima x Eduardo Paes.
    Tomara que eu esteja errado e ver Marta Rocha no 2° turno.
    Aí será que o PT apoiará o PDT de Marta Rocha ou o DEM do Eduardo Paes?

  2. O problema é o PT . A covardia do Freixo de dizer não ao PT, envergonha o PSOL do RJ.
    Virou “vassalagem”.
    Freixo é maior que o PT no RIO, mas o PT, quis mais uma vez ser protagonista.
    O PT teve do Lado do Eduardo Paes e Cabral num passado bem recente.
    A Propia Marta Rocha foi chefe de polícia do governo Cabral.
    Freixo teria que ser candidato e ter o apoio sem ter que dar a contra partida ao PT…
    Benedita na chapa do Freixo, só fez queimar sua candidatura com o apoio quase certo do PSB, REDE e PDT. Mais o ocorreu foi que o Freixo foi pedir a benção a quem não deveria pedir; “Lula”.
    Freixo deveria conversar com o PSOL, REDE e PDT, Mas foi ouvir o Lula e lançar Benedita como você é aí sim foi procurar os outros partidos. Foi um tiro no pé…
    Freixo diz querer uma união da esquerda contra o fascismo. Ninguém da esquerda foge a essa luta, más , sem o PT fazer meia culpa, fica difícil reverter um quadro aonde a esquerda ficou manchada pelas escolhas que o PT fez.
    Deixo uma pergunta: Se o Freixo fosse candidato, certamente ele iria para o 2° turno, provavelmente com o Eduardo Paes. Eu não tenho a menor dúvida que , PSB, REDE e PDT, apoiariam Freixo . Agora fica a pergunta: Quem o PT apoiaria, Eduardo Paes ou Freixo ?
    A esquerda é unida sim… Quem atrapalha é o PT.

  3. O PSB e o PDT se tornaram uns Partidos Balaio de Gato, a gente nunca sabe qual rato que vai sair de lá. Já é a preparação para que a aliança com o Ciro Gomes seja sacramentada com o compromisso de levá-lo a Presidência da Republiqueta das Bananas. Mudam às peças, mas o jogo ou a jogatina é o mesmo.

    Nada contra as Deputadas Renata Souza e a Benedita da Silva, mas nesse momento, o melhor é o Marcelo Freixo. Infelizmente, Partidos que visam o Poder pelo Poder, e que não estão aí atendendo os anseios da população, só posso pensar no seguinte, nada de novo no Céu de Abrantes.

  4. Considerando os últimos acontecimentos, sobretudo as prisões, processos e investigações, certamente que muitos devem estar repensando se virão ou não como candidatos à Prefeitura do Rio pois surgem vácuos, descréditos e perdas de intenção de votos, muito embora deve ser ressaltado que o fato de alguém virar réu num processo não impede a sua candidatura à Chefia do Executivo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui