George Divério - Foto: Reprodução

O militar da reserva George Divério foi exonerado do cargo de superintendente do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. A decisão, tomada pelo ministro Marcelo Queiroga, foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (26/05).

Divério havia sido nomeado para a função em junho de 2020, pelo ex-ministro Eduardo Pazuello. Sua saída se dá devido a suspeitas de irregularidades na pasta em âmbito fluminense.

Segundo apuração do ”Jornal Nacional”, da ”TV Globo”, em novembro, por exemplo, num período de 2 dias, o agora ex-superintendente autorizou que duas contratações fossem realizadas. Juntas, elas somavam aproximadamente R$ 28,8 milhões.

As negociações foram concretizadas, com dispensa de licitação, com empresas já conhecidas por Divério, isto é, que já haviam trabalhado com ele quando o mesmo integrava a Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Raphael Fernandes

Raphael Fernandes é jornalista, baixista e apaixonado por futebol. Integra a equipe do DIÁRIO DO RIO desde fevereiro de 2019 e, paralelamente, atua como repórter no radialismo esportivo carioca.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui