Mariana Ribas
Reprodução internet

O PSDB lançou neste sábado, 28/9, a pré-candidatura de Mariana Ribas a Prefeitura do Rio em 2020. Jornalista cultural e ex-diretora da Ancine, ela foi até recentemente secretária de cultura de Marcelo Crivella, mas pediu exoneração alegando que não havia orçamento para sua pasta, e porque se recusava a criar um dossiê contra a Fundação Roberto Marinho.

O lançamento foi feito durante o 1º Encontro do Novo PSDB, com grandes figuras do tucanato. A principal era o governador de São Paulo, João Doria, além do presidente nacional do partido, Bruno Araújo, o presidente no Rio, Paulo Marinho e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Entre outros 600 militantes do partido.

O que chamou mais a atenção, entretanto, foi a presença de pássaros fora do ninho. Os também pré-candidatos, Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Calero (Cidadania), sinal de que apesar de toda a festa, vem aliança aí. O boato é que se Paes for candidato, a vice será Ribas, isso se ele não for para o ninho tucano.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui