Mariana Ribas
Reprodução internet

O PSDB lançou neste sábado, 28/9, a pré-candidatura de Mariana Ribas a Prefeitura do Rio em 2020. Jornalista cultural e ex-diretora da Ancine, ela foi até recentemente secretária de cultura de Marcelo Crivella, mas pediu exoneração alegando que não havia orçamento para sua pasta, e porque se recusava a criar um dossiê contra a Fundação Roberto Marinho.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

O lançamento foi feito durante o 1º Encontro do Novo PSDB, com grandes figuras do tucanato. A principal era o governador de São Paulo, João Doria, além do presidente nacional do partido, Bruno Araújo, o presidente no Rio, Paulo Marinho e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Entre outros 600 militantes do partido.

O que chamou mais a atenção, entretanto, foi a presença de pássaros fora do ninho. Os também pré-candidatos, Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Calero (Cidadania), sinal de que apesar de toda a festa, vem aliança aí. O boato é que se Paes for candidato, a vice será Ribas, isso se ele não for para o ninho tucano.

1 COMENTÁRIO

  1. O ” NERVOSINHO ” da planilha do propinoduto é lider em pesquisa…
    Aquele que, em conversa telefonica com um corruPTo, chamou a cidade de Maricá de ” merda “.
    A lavagem cerebral imposta ao povo é tão grande que as pessoas passam a aceitar o errado, desde que seja menos do que o outro… Ou seja, povo é tratado como marionete, para não dizer gado. E o pior é que responde como tal…Simples assim..

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui