Casal de idosos chega em posto de saúde em Copacabana , Zona Sul do Rio. Imunização está interrompida — Foto: Reprodução/TV Globo

A falta de informação tem levado muitos idosos a se deslocarem até os postos de saúde da Capital Fluminense em busca da vacina contra o Coronavírus nesta quarta-feira (17/02). Na última segunda-feira (15/02), o prefeito do Rio, Eduardo Paes havia confirmado que a imunização seria suspensa em função da falta de doses. Pelo calendário divulgado pela Prefeitura, seriam vacinados as pessoas com 82 anos de idade.

Nos bairros de Copacabana, na Zona Sul e Tijuca, na Zona Norte, foram observados movimentações nas portas das unidades de saúde de pessoas em busca da aplicação da vacina.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a campanha foi interrompida para quem ainda não tomou nenhuma dose da vacina. Ou seja, o calendário para aplicação da segunda dose do imunizante segue em andamento.

A previsão para volta da campanha de vacinação contra a Covid está prevista próxima terça-feira (23), depois que o município receber do Governo Federal uma nova remessa de doses do imunizante, disse o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz.

Situação no estado

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) disse não ter recebido nenhuma informação sobre a entrega de novas doses da vacina contra Covid-19 por parte do Ministério da Saúde.

Até o momento, o estado do RJ recebeu 1.040.320 doses de vacina contra a Covid-19 do ministério, sendo 855.320 da CorovaVac e 185 mil da Oxford/AstraZeneca.

A pasta também informou que já foram entregues 842.890 doses aos 92 municípios. Dessas, 242.060 doses são destinadas à segunda dose da CoronaVac, para atender à população que recebeu as doses enviadas no primeiro lote, do dia 20 de janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui