Metrô é um dos meios de transporte mais utilizados no Rio de Janeiro - Foto: Reprodução

O MetrôRio anunciou nesta segunda-feira (28/12) que vai interromper o funcionamento de em todas as linhas do sistema às 20h no dia 31 de dezembro. Essa é a primeira vez, desde que chegou a Copacabana, em 1998, que o serviço vai deixar de operar ininterruptamente durante o Réveillon.

Com as restrições da pandemia, no dia 31/12 as estações das linhas 1, 2 e 4 vão abrir às 5h. Depois das 20h, nenhum trem vai circular.

A determinação partiu do do governo do estado, como parte do plano para evitar aglomerações na orla da Capital Fluminense.

Em 1999, o embarque passou a ser escalonado por hora, com bilhetes exclusivos e com validade, para evitar superlotação. Esse esquema foi adotado até o ano passado.

No feriado de sexta (01/01), o metrô funcionará das 7h às 23h. Já nos dias 2 e 3 de janeiro, a operação acontece nos horários regulares de fim de semana, com funcionamento no sábado, das 5h à meia-noite; e no domingo, das 7h às 23h.

Veja a íntegra do comunicado do MetrôRio:

“Conforme determinação do Governo do Estado do Rio de Janeiro, o MetrôRio, empresa do grupo Invepar, informa que, no dia 31, as estações das linhas 1, 2 e 4 vão abrir às 5h da manhã e a operação se encerrará às 20h.

No dia 1º de janeiro, feriado nacional do Dia da Confraternização Universal, o metrô funcionará das 7h às 23h. Já nos dias 2 e 3 de janeiro, a operação acontece nos horários regulares de fim de semana, com funcionamento no sábado, das 5h à meia-noite; e no domingo, das 7h às 23h. Nos três dias, a transferência entre as linhas 1 e 2 acontecerá na estação Estácio”.

3 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui