Marcinho quando atuava pelo Botafogo - Foto: Vitor Silva/Botafogo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) solicitou à Justiça que o jogador de futebol Márcio Almeida de Oliveira, mais conhecido como Marcinho, ex-Botafogo e atualmente no Athletico-PR, tenha sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa.

O atleta, que tem 25 anos, atua como lateral-direito e já foi convocado para a seleção brasileira, é acusado de ter atropelado o casal Alexandre Silva de Lima e Maria Cristina José Soares e fugido sem prestar socorro.

O fato aconteceu na noite de 30 de dezembro de 2020 na Avenida Lúcio Costa, altura do número 17.170, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. Enquanto o homem morreu na hora do acidente, a mulher veio a óbito dias depois, após ficar internada.

Marcinho chegando para prestar depoimento na 42ª DP, no Recreio, em 04 de janeiro de 2021, e seu carro amassado – Foto: Estefan Radovicz/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Vale ressaltar que Marcinho virou réu no último dia 07/05. Paralelamente ao pedido de suspensão do direito de dirigir do jogador, o MPRJ foi contrário à solicitação dos advogados do atleta para que haja segredo de Justiça em relação ao caso.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui