Reprodução: Internet

O diretor executivo da Autonomy Investimentos, Roberto Miranda de Lima, revelou, em um vídeo no qual discute o futuro do empreendimento, que o projeto para o Moinho Fluminense inclui uso residencial, com construção de torres de moradias na área mais próxima à Orla Conde, no Porto Maravilha.

Roberto Miranda de Lima afirma uma grande atenção da empresa quanto aos impactos sociais do empreendimento e destaca que o que vai surgir na região não será um shopping tradicional.

Cada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço.

Desde de 2019, quando a Autonomy Investimentos comprou o Moinho Fluminense existe uma  grande expectativa quanto ao futuro do conjunto arquitetônico, considerado um dos mais importantes da  Região Portuária do Rio, tendo ampla visão da Baía de Guanabara e vizinho do AquaRio e da roda gigante RioStar.

De acordo com o site Diário do Porto: “Se o projeto for executado da forma como relata Lima, será uma grande oportunidade para artesãos, artistas e pequenos empreendedores do setor de alimentação e gastronomia da região terem espaços nobres para exporem seus serviços e produtos. Para o diretor da Autonomy, o objetivo é que o Moinho seja completamente integrado à comunidade, servindo como instrumento para promover a economia criativa dos vizinhos. Isso é completamente diferente do modelo de shopping tradicional, que geralmente tem efeitos nocivos sobre os pequenos comércios do entorno”.

1 COMENTÁRIO

  1. Como morador espero que se faça algo urgente, prescisamos realizar o projeto piloto de revitalização, estamos abandonados, largados no meio do tráfico e cracudos

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui