Nesta sexta-feira (03/09), moradores da Tijuca, na Zona Norte, protestaram contra a construção de um empreendimento em uma área verde, próximo a Floresta Nacional da Tijuca. Eles recolheram mais de quatro mil assinaturas em apenas três dias e tentaram contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No entanto, ainda não obtiveram uma resposta. Segundo os moradores, a mobilização com as assinaturas deve chegar ao Ministério Público.

De acordo com informações do portal de notícias “G1”, uma área que tem quase 400 árvores começou a ser cortada nesta terça-feira (31/08) para a realização de uma obra da Opportunity, através de um fundo de investimento imobiliário. A empresa tem licença ambiental da Prefeitura para construção do residencial. Porém, os moradores contaram que assistiram cenas tristes dos animais fugindo do terreno.

Em nota, a Prefeitura do Rio diz que os critérios técnicos usados para concessão de licença seguem a legislação vigente, e que Secretaria de Meio Ambiente acompanha todos os processos no pós-licença.

De acordo com a Prefeitura, cabe ao empreendedor cumprir as 32 condições impostas pra que consiga o habite-se. Ainda segundo o poder municipal, a licença é condicionada a obrigações como o manejo de fauna e o plantio de 2.805 árvores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui