Moradores denunciam falta de ordenamento urbano em Irajá

Os moradores reclamam de calçadas públicas obstruídas, lixo e estacionamento irregular na região

Foto: Reprodução

Moradores de Irajá, próximo a estação Marambaia do BRT Rio, denunciaram ao DIÁRIO DO RIO irregularidades na região. Segundo eles, os problemas de ordenamento urbano são recorrentes, com destaque às calçadas invadidas pelos “puxadinhos” construídos pelos comerciantes locais sem autorização dos Órgãos competentes.

Na Rua Calumbi, n°11 e n°39, próximo da Avenida Vicente de Carvalho, os pedestres são obrigados a andar pela rua, pois a calçada pública vem sendo obstruída por grades, coberturas, mesas, cadeiras e automóveis que dificultam suas passagem.

Também não é difícil encontrar diariamente uma grande quantidade de lixo sendo deixada pelos comerciantes fora dos horários e dias determinados pela COMLURB, além de estacionamento irregular.

A advogada Maria Rita Sarmento, moradora da região afirma ficar revoltada quando precisa passar pela calçada. Ela conta que já vem alinhando uma demanda Judicial para tentar solucionar o transtorno.

Os moradores destacam que o caso já foi registrado diversas vezes na central 1746 de atendimento, porém, até agora, o assunto ainda não foi resolvido.

Procurada, a secretaria municipal de Ordem Pública afirmou que realizou ao longo de 2021 uma série de ações de ordenamento urbano no bairro – com fiscalizações a ambulantes e apreensões de mercadorias – e mantém patrulhamento constante da Guarda Municipal.

Ao longo do ano passado, foram registradas mais de duas mil infrações de trânsito no bairro e em 2022, aproximadamente 200“, disse em nota. Ainda segundo a pasta, novas ações serão programadas para o local.

O DIÁRIO DO RIO também entrou em contato com a Comlurb, que afirmou que realiza a coleta domiciliar nessa região às terças, quintas e sábados, pela manhã e que o serviço de varrição das ruas é feito duas vezes por semana. A Companhia disse ainda que enviará uma equipe de fiscalização ao local nesta quinta-feira (27/01) para fazer uma vistoria e orientar os comerciantes sobre a forma correta de fazer o descarte dos resíduos.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui