Gilberto Braga fez história na TV brasileira com novelas como 'Dancin' Days' e 'Vale Tudo' . Foto: Alex Carvalho / Canal Viva

Morreu na noite desta terça (26/10), o autor carioca Gilberto Braga, aos 75 anos. O artista estava internado no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, conforme informações do jornalista Ancelmo Gois.

Segundo relato do sobrinho Bernardo Araújo ao portal G1, Braga foi internado no dia 22 de outubro e sofreu uma septicemia. Gilberto era casado com o decorador Edgar Moura Brasil. O novelista faria aniversário na próxima segunda-feira, dia 1º de novembro.

Gilberto Braga fez história na TV brasileira. Entre as grandes novelas de sucesso do autor estão “Dancin’ Days” (1978), “Corpo a Corpo” (1984), “Vale Tudo” (1988), “Rainha da Sucata” (1990), da qual um dos colaboradores de Silvio de Abreu, “O Dono do Mundo” (1991) e “Celebridade” (2003). Sua última novela exibida pela TV Globo foi “Babilônia” (2015).

Uma de suas novelas mais marcantes é “Vale Tudo” (1988). Exibido na Globo em horário nobre, o folhetim parou o Brasil, que só pensava em uma coisa: Quem matou Odete Roitman? A vilã foi interpretada por Beatriz Segall, falecida em 2018.

Além de Odete, a novela contava com o inescrupuloso empresário Marco Aurélio (Reginaldo Faria) e Heleninha, filha de Odete, interpretada magistralmente por Renata Sorrah.

Em 2008, a novela “Paraíso Tropical” (2007), escrita por Braga e Ricardo Linhares, foi indicada ao Emmy Internacional de melhor telenovela. O folhetim está atualmente em reprise no Canal Viva.

Gilberto também fez muito sucesso com as minisséries de época: “Anos Dourados” (1986) e “Anos Rebeldes” (1992).

Até o fechamento da matéria não haviam sido divulgadas informações sobre o velório e o enterro do autor.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui