MC Kevin (Foto: Reprodução)

O laudo da perícia técnica da Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu que a morte de MC Kevin, que caiu de um apartamento de um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, no último dia 16, foi acidental.

O documento foi assinado pelo perito Luiz Alberto Moreira Coelho, divulgado neste domingo (23/05). Em seu relatório, ele diz que o quarto onde aconteceu a ação encontrava-se em completo desalinho, mas sem sinais de violência ou brigas no local.

No quarto 502 foram encontradas pela polícia camas fora do lugar, roupas íntimas espalhadas pelo chão, embalagens de preservativo, uma grande quantidade de toalhas usadas e uma garrafa de champanhe, que custa em torno de R$ 1,5 mil, pela metade.

No último dia 17 de maio, MC Kevin caiu do 11º andar de um hotel da orla da Barra. Chegou a ser levado vivo para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul, mas não resistiu aos ferimentos.

O artista da Zona Norte de São Paulo era mais conhecido por músicas como Cavalo de Troia, Doutora e Terapia, Kevin Bueno Nascimento tinha lançado seu último single, Vida de Artista, na terça-feira (11/5).

1 COMENTÁRIO

  1. Todo apoio à família deste garoto, e a esperança que nossos garotos sobrevivam nesta selva.
    Mas a indignação continua: os defensores da liberdade total das drogas, sexo libertário, nenhuma fé, estão levando estes garotos, que mesmo vencendo na vida, ultrapassando a linha das dificuldades, não concluem nada. Se matam, e deixam famílias inteiras aos pedaços.
    E eles, se calam, nada dizem: são os que dizem que vidas importam, é mesmo?
    “Pai, não perdoe àqueles que sabem o que fazem”!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui