O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Núcleo de Atuação Perante a Central de Audiência de Custódia da Capital participou, neste sábado (19/06), da audiência de custódia de Igor Martins Pinheiro, de 22 anos, apontado como autor do furto de uma bicicleta elétrica, no dia 12/06, no Leblon.

O MPRJ manifestou-se pela manutenção da prisão preventiva decretada em plantão noturno, sendo o pleito acolhido pelo Poder Judiciário.

A partir de agora o processo passa a ser acompanhado pela Promotoria de Justiça junto à 40ª Vara Criminal da Capital, onde foi oferecida a denúncia, na sexta-feira (18/06).

2 COMENTÁRIOS

  1. Há uma inversão de valores fantástica neste país. Um furtador tem pedido pelo MP para manutenção na cadeia. E sabemos que matadores, traficantes, estelionatários são soltos em audiência de custódia – e ali o MP fica quietinho. Lugar de bandido é na CADEIA, todos eles! Não somente para aqueles crimes que chamam holofotes. MP adora holofote: deveria adorar trabalhar!

  2. Prezado Senhor Felipe Lucena

    Mas o cidadão estava andando com uma bicicleta roubada!

    Ele também teria que ser preso.
    O casal são inocentes e foram extremamente injustiçados.

    O Brasil está todo mundo comentando este ABSURDO!

    Até neste site já publicou está noticia.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui