Câmara Municipal do Rio de Janeiro por Rodrigo SoldonDia 7 de Outubro chegando, partido novo na Praça e isso pode não significar muito para a grande maioria mas para os políticos… é que 7 de outubro é a data limite para os candidatos em 2012 possam trocar de partido ou de domicílio eleitoral. Ou seja, a debandada é geral para quem quer estar no governo, por motivos democráticos e justos claro, sempre pensando no povo.

 

Acho que é até útil, por exemplo, com o surgimento do PSD já sabemos em quem não devemos votar, afinal partido que não é esquerda, centro, nem direita, tem algo estranho desde o nascimento. Se junta ao PMDB que consegue juntar o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, e do Flamengo, Patrícia Amorim, que está saindo do PSDB.

Outro do PSDB que vai para o PMDB é Marcelo Arar e o partido ainda corre o risco de perder Andrea Gouvea Vieira para o PV ou PPS, apesar de as últimas notícias falarem que ela deve continuar tucana desde que possa disputar a pré-candidatura a prefeita do Rio com Otávio Leite (PSDB).

 

O DEM perde Rosa Fernandes, Jorginho da S.O.S. e João Cabral que vão para o PMDB. Paulo Pinheiro saiu do PPS e foi para o PSOL (não devia entrar nessa lista, afinal não foi uma mudança por questão de poder). Também do PPS, Carlinhos Mecânico, foi para o PSD. E o PTdoB pode perder os vereadores Dr. Gilberto e Jorge Braz.

 

Acho que tá bom, é só não votar no PSD e no PMDB que já estamos fazendo um bom negócio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui