Câmera de segurança flagrou o roubo, na noite da última segunda (03/08) - Foto: Reprodução/Internet

No Rio de Janeiro, nem mesmo os jardins estão a salvo de serem assaltados. Na noite da última segunda-feira (03/08), uma câmera de segurança flagrou uma mulher roubando plantas num canteiro localizado na Avenida Ataulfo de Paiva, quase esquina com a Avenida Borges de Medeiros, na região do Jardim de Alah, no Leblon, Zona Sul da capital fluminense.

Nas imagens, registradas às 21h32, é possível ver a mulher passeando com um cachorro e parando em frente ao referido jardim. Como quem não quer nada, ela disfarça, espera uma outra pessoa que estava andando pelo local passar, olha ao redor para ver se ninguém mais está vindo, arranca a planta da terra e a coloca dentro de uma sacola plástica. Depois, sai de fininho e ainda aperta o passo.

O jardim foi ”adotado” junto à Prefeitura do Rio por uma grande imobiliária carioca que abriu uma loja no local. Vale ressaltar que, na semana passada, mais precisamente no dia 28/07, a Praça Grécia, vizinha ao canteiro, começou a receber uma revitalização, com as obras sendo comandadas pela Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação (Smuih).

O cultivo aos jardins e canteiros no Rio de Janeiro, inclusive, tem sido um problema, pois muitos costumam não ser conservados e tratados pelo poder público – como deveria ser -, com isso ficando a cargo de empresas localizadas próximas a eles, como este caso no Leblon.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

18 COMENTÁRIOS

  1. Deveriam dar ênfase a assuntos importantes.
    Cadê o jornalista cobrindo os vergonhosos roubos do dinheiro destinado às despesas com hospitais?
    Se ficarem desviando do assunto cairá no esquecimento.
    Vergonhoso esses que se dizem brasileiros, mas têm conduta de rato. Não tem nacionalidade.
    Deveriam criar um território próprio só de ladrões. Assim teriam vergonha.

  2. Com tanto político roubando o dinheiro do povo, e ninguém faz nada!!! Deixa ela cuidar das plantas!!! Quero ver divulgar essa politicagem, fazem o que quiser com dinheiro público!!! E no final, todos aparecem doentes, ficam “presos” em suas luxuosas casas… não dá em nada!!!

  3. Ah gente quanta hipocrisia! Que mundo tosco e ridículo que estamos vivendo!
    Não vou passar a mão na cabeça dela. O que ela fez não está certo. E concordo, retirar uma estaca, pegar uma semente até vai, mas furtar a planta foi errado sim.
    Mas, sabe o que me dói mais, as pessoas com tanto ódio ao falar do ato, de boa … capaz mesmo, da maior probabilidade da planta vingar na casa dela do que lá no canteiro, que muitas vezes é arrecadação de dinheiro, colocam as plantas de qualquer jeito, sem manutenção e tudo certo para vocês, pessoas corretas sem teto de vidro? Aff!

  4. Com certeza é errado, mas destruir áreas de preservação como resquícios de mata atlântica e restingas para construir condomínios e autódromos é bem pior. Mas crime de rico não recebe a mesma ênfase.

  5. Da ódio quem faz isto rouba não sabe plantar e a planta vem a morrer resultado do roubo então dx a plantinha crescer e peça pro dono te dar um galeto e vc planta quem rouba planta é pq não entende de planta não sabe e ela rouba outras coisas tbem já é este tipo

  6. Que vergonha alheia, um ser que se diz jornalista ou redator não sabe a diferença entre roubo e furto, tão ignorante que acaba assassinando a língua portuguesa e tão pobre de conteúdo e falta de assuntos , ao invés de procurar um ASSUNTO mais construtivo como: ” famílias passando fome, na miséria, desempregados por causa da pandemia ou promover UMA campanha para distribuir cestas básicas , FICA filmando uma pessoa furtando plantas. Enfim, quanta falta de iniciativa desse repórter, jornalista, não me importa pois trata-se de uma mera pobreza de espírito.

  7. Matéria grotesca. O jornalista sequer sabe o q é roubo, e acusa a pessoa do ilícito, antes de escrever o q não sabe, deveria ser aconselhar com um profissional do direito. Segundo, a senhora não roubou vou furtou, apenas tirou uma muda vó plantar, se o fez, é pq ama plantas e certamente essa muda, crescerá e será bem cuidada.

  8. Moradora de um dos mais caros bairros do Rio de Janeiro. Com certeza mora numa cobertura. Vai plantar a florzinha lá. Depois vai pra rua reclamar da ladroagem que assola o Brasil! Não é Lula? Não é mocinha da Zona Sul? Vai plantar batatas… O Brasil está mal de gente!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui