Discussão no MetrôRio terminou em agressão - Foto: Reprodução

No último sábado (01), dia de uma manifestação a favor do presidente da República, Jair Bolsonaro, na orla de Copacabana, na Zona Sul, a passageira Maria Clara Pedroso foi agredida numa composição da Linha 1 do MetrôRio, na altura da estação Carioca, na região central da capital fluminense, por uma outra mulher. A situação aconteceu após Maria Clara pedir que a mesma, que trajava uma bandeira do Brasil, colocasse a máscara de proteção, item obrigatório para se andar nos meios de transporte da cidade.

”Deparei-me com um grupo de pessoas com camisa do Brasil, bandeiras e apetrechos. Fiquei incomodada com o barulho que faziam e resolvi mudar de vagão. Quando passei pelo grupo, vi que uma mulher estava sem máscara e pedi que ela colocasse”, relatou a vítima.

Ainda de acordo com a passageira, a mulher, no entanto, se recusou, alegando que ”era problema dela”, e, enquanto Maria Clara se encaminhava para chamar os seguranças, a apoiadora de Bolsonaro puxou seu cabelo e tentou agredi-la.

”Eu fui xingada pelo grupo durante todo o tempo e falei que só sairia dali com ela para a delegacia. No momento que a porta abriu, eu gritei até os seguranças aparecerem. Um rapaz que filmou tudo”, disse Maria Clara, que publicou em sua rede social o vídeo da agressão.

Por meio de nota oficial, o metrô do Rio de Janeiro afirmou que ”a segurança foi acionada para conter uma discussão gerada por divergências políticas entre duas clientes dentro de uma composição da Linha 1. Uma das passageiras envolvidas saiu do vagão, deixando o sistema, e a outra recebeu atendimento e relatou o ocorrido.”

Ainda segundo a concessionária, ”ela (Maria Clara) contou ter sido agredida e confirmou a motivação política. Os agentes da concessionária ofereceram assistência à cliente e orientaram o encaminhamento à delegacia para registro de ocorrência.”

23 COMENTÁRIOS

  1. Aonde está escrito que ela é apoiadora do Bolsonaro? Na testa? E o que Bolsonaro tem haver com isso? Notícia totalmente tendenciosa. Vcs fazem parte das organizações globo?

    • Deixa eu desenhar:

      1) Ela estava sem máscara e Bolsonaro apoia não usar máscara.

      2) Ela está com uma bandeira do Brasil em volta dela, e isso é um símbolo característico de apoiadores de Bolsonaro.

      3) Estava havendo uma manifestação em favor de Bolsonaro onde as pessoas estavam sem máscara e usando bandeiras do Brasil no corpo, igual ao grupo que a mulher estava.

      Esse desenho já foi suficiente para a sua compreensão?

  2. Não é questão de colocar a pecha de vândalo em eleitores do Bolsonaro não. São criminosos. É crime a apologia à ditadura. É crime deixar de usar máscara quando obrigatório o uso – e no interior de vagão é – para conter a disseminação de doença.

    • Ditadura,é alguém q não foi eleito ,q não recebeu um único voto,querer se impor por malabarismos interpretativos!!!Democracia é qdo o povo não é impedido de se manifestar….Ninguém foi as ruas obrigado,foram por livre e espontânea vontade….isso é democracia

      • Ninguém está sendo proibido de manifestar nada. Coloque máscara.
        Montesquieu propôs a divisão dos três poderes em: Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário.
        A organização no sentido do que propôs seu autor (Montesquieu) não é eleito. E no mundo todo seguiu.

  3. Peraí. Motivação Política?
    Tem uma norma determinando o uso de máscara no transporte público.
    Não é por razão política não.
    A agressora é criminosa duas vezes.
    Por não usar a máscara e por violência física.
    Tem que responder por dois crimes.

    • Tem essa regra sim…acho certo usar ,na minha opinião TEM q usar…
      Mas se essa encrenqueira pegasse ônibus ou trem todo dia no horário de rush,não duraria muito não!!!Muitas pessoas tiram do rosto,deixam no queixo…e estão espremidas como sardinhas..
      Concluí q essa mulher é uma encrenqueira profissional, pelo simples fato do metrô estar vazio….ela poderia sair pra qq lugar…
      Queria ver ela fazer isso num brt as 18hs da tarde….
      E depois,quem garante q a mulher não foi xingada?A bandeira foi puxada por quem?

      • O que está escrito no registro e o fato de ter essas imagens – que não foi a própria, mas de uma testemunha que provavelmente foi ouvida.

        • Kkkkk santa inocência Batman!!!Era o personal filmator dela!!!Percebeu q o vídeo em q puxam a bandeira das costas da sra,o vídeo está mudo?
          Ou sua cabeça só tem a função de carregar um boné?

    • Mas pelo q a suposta “agredida”,escreveu,dá pra imaginar o tipinho,tipinho encrenqueiro…Foi zanzando pelo vagão até conseguir o q queria,confusão!!Não nega o nível..é só ver q ninguém apoiou ela!!!

    • O vídeo mostra uma conduta consistente na ação voluntaria, física, de uma pessoa contra outra. Esse é o vídeo do celular. Só um trecho. Mas se for esperta vai buscar o da câmera do vagão onde ocorreu o fato.

  4. Ahhhhhh……então nada a ver com a máscara em si!!!Tudo depende de COMO essa mulher q apanhou falou!!
    O filme não mostra absolutamente nada!!!
    Querem colar a pecha de vândalos nos eleitores de Bolsonaro, mas não cola não!!!Milhões nas passeatas,e nem um só conflito!!
    Beeeeeemmmmmm diferente das hordas de blacbostas do PT /PSOL e seus satélites esquerdistas!!!
    AÍ TEM!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui