Memorial Nossos Passos Vêm de Longe após ato de vandalismo

No dia 19 de junho, foi inaugurado em Duque de Caxias o “Memorial Nossos Passos Vêm de Longe”, em homenagem as mulheres negras que fazem e fizeram a luta contra a Violência do Estado na Baixada Fluminense. No entanto, o Memorial, idealizado pela Iniciativa Direito à Memória e Justiça Racial (IDMJR), foi vandalizado nesta segunda-feira (19/07).

Os vândalos usaram tinta branca para cobrir os rostos das noves personalidades femininas retratadas no monumento. Segundo a documentarista, pesquisadora e assessora de comunicação da IDMJR, Monique Rodrigues, esse ato é também uma demonstração clara de racismo.

Esse ato de vandalismo que tenta apagar a imagem de mulheres negras que são homenageadas por suas lutas contra a opressão é também uma demonstração de racismo, de machismo, de como a sociedade não está preparada e disposta a debater e enfrentar essas violências que são históricas“, ela afirmou.

Memorial Nossos Passos Vêm de Longe

Nívia Raposo, historiadora, articuladora da IDMJR e uma das homenageadas no Memorial Nossos Passos Vêm de Longe, afirmou que esse tipo de ato é típico de pessoas que se escondem na internet para xingar as pessoas e acham que vai sair impune: “Isso só mostra que o trabalho dos meninos negros ao fazer o grafite é um trabalho de arte e o trabalho dos racistas foi um trabalho de vândalo“.

“Que bom que esse memorial serviu para mostrar mais um racista escondido e que venham mais memoriais enaltecendo a cultura negra e o trabalho das mulheres negras“, finalizou Nívia.

O monumento será restaurado. Ainda não está confirmada a data, mas a IDMJR está tentando marcar com o grafiteiro para este domingo (25/07), quando será realizado um ato por ser o Dia da Mulher Negra, Latina e Americana.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui