Museu do Amanhã vence prêmio internacional com trabalho digital realizado durante a pandemia

Equipamento cultural foi reconhecido pela premiação ICOM na categoria Filme/Vídeo; os quesitos para se destacar foram temas com referência compreensível e cientificamente sólida, além de eficiência no alcance ao público-alvo

Foto: Rafael Pereira

O Museu do Amanhã do Rio de Janeiro acaba de vencer o prêmio do festival de audiovisual e inovação do ICOM, o Conselho Internacional de Museus. O equipamento cultural se destacou na categoria “Filme/Vídeo” com a produção autoral “The Digital Transformation during a epidemic lock-down”.  A cerimônia aconteceu na tarde de quinta-feira, (25/08), em Praga, na presença de Alexandre Fernandes, Curador de Inovação do Museu do Amanhã.

“O vídeo vencedor do prêmio é a tradução do trabalho realizado pelo Museu do Amanhã durante a pandemia, quando fomos ao encontro do nosso público por meio de uma rápida e bem estruturada migração para o ambiente online. Esse reconhecimento reforça o impacto dessa produção audiovisual e também destaca a importância de levar cultura e conhecimento até as pessoas”, conta Maria Garibaldi, Diretora Executiva do Museu do Amanhã.

Foto: Divulgação

Pandemia do Corona Vírus

Sob o comando do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), o Museu do Amanhã se reinventou durante a pandemia e buscou soluções criativas para continuar levando conteúdos de qualidade ao seu público, mesmo no período de isolamento social. No vídeo vencedor do prêmio, a equipe do Museu registra os desafios e as ações realizadas que colaboraram para criar novas relações e estreitar laços já estabelecidos.

Em um ano, o Museu produziu mais de 80 horas de programação online. Como resultado, o canal oficial do Museu no Youtube obteve um crescimento de 207% e atingiu mais de 270 mil visualizações. Além do impacto nas redes, o Museu conseguiu ampliar o alcance e atrair pessoas de diversas partes do mundo.

Premiação ICOM

“Museus: Inspirando Futuros” foi o tema da edição deste ano da premiação. Os quesitos para a premiação foram tema com referência compreensível e cientificamente sólido, além de eficiência no alcance ao público-alvo. A educação e a transferência de conhecimento e a cooperação com o público no trabalho museológico também foram critérios para a escolha.

OF@IMP (Festival of Audiovisual and Innovative Museum Media Productions) é organizado pela AVICOM, ICOM International Committee for Audiovisual, New Technologies and Social Media. O F@imp visa incentivar e reconhecer produções audiovisuais e inovações tecnológicas multimídia iniciadas ou produzidas por instituições culturais em todo o mundo.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui