Quebra-Nozes - Foto: Renanto Mangolin

A mídia da semana é o Concerto para Mandolim de Antonio Vivaldi com Ugo Orlandi e Orchestra A.Vivaldi di valle Camonica e regente Silvio Maggioni

ÓPERA NO THEATRO MUNICIPAL

A ópera “Eugene Oneguin” de Tchaikovisky já estrou no palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e tem mais três récitas com público pagante. Com uma nova montagem realizada,terá a participação dos corpos estáveis do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, grandes profissionais, muito experientes e extremamente competentes,e que são o Ballet, o Coro e a Orquestra Sinfônica do TMRJ.

Para dirigir o espetáculo, todos estarão sob a batuta do também diretor musical, e regente americano Ira Levin, atual maestro titular da orquestra. A direção cênica é de André Heller-Lopes.  Hoje 28 e 30 às 20h e dia 1º de dezembro, às 17h.

Informações: 2332-9191
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, S/N – Cinelândia

QUEBRA NOZES

Êxito garantido é o balé Quebra Nozes, um grande clássico do período do Natal, simplesmente um dos balés mais populares em qualquer parte do mundo. Para a alegria dos cariocas, a obra com música de Tchaikovsky e coreografia de Marius Petipa e Lev Ivanov, remete aos sonhos tanto crianças quanto adultos. O espetáculo chega ao palco do Teatro Oi Casa Grande e serão oito espetáculos da Companhia BEMO, apresentados entre os dias 28 de novembro e 07 de dezembro, com diversos horários.

A direção e concepção coreográfica é de Jorge Texeira, e a direção geral é de Hélio Bejanni. Para os papéis principais, em 2019, estão as bailarinas Ana Flávia Alvim, Diovana Piredda e Verônica Kawagushi como Clara; e os bailarinos Lucas Monteiro ou Yuri Chiochetta como O Quebra-Nozes. O figurino é de Tania Agra, cenografia de Glauco Bernardes, Efren Duarte e Para Produções e Eventos e iluminação de Dum Marino.

A Companhia BEMO–Theatro Municipal do Rio de Janeiro, é uma iniciativa da fusão da Cia.Brasileira de Ballet e da Escola Estadual de Danças Maria Olenewa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (EEDMO), o que já é sinônimo de competência, e como objetivo da iniciativa está o de propiciar a seus integrantes uma experiência e amadurecimento tanto artístico quanto profissional. Sua formação conta com 46 jovens bailarinos muito determinados e que demonstram muita garra.

Dia 29,às 20h
Dia 30, às 16h e 20h
Dia 1º de dezembro, às 16h
Dias 5 e 6, às 20h
Dia 7, às 16h 

Informações: 2511-0800
Teatro Casa Grande – Shopping Leblon
Av .Afrânio de Melo Franco, 290 – Leblon

 SALA I, II e III 

A Sala Cecília Meiereles apresenta dia 29, às 20h o recital da soprano Neti Szpilman, do tenor Ruben Gabira e da pianista Miriam Grosman.

Dia 30, às 20h apresentação de “Uma releitura dos Afro-Sambas” e no dia 1º de dezembro, às 11h, será o concerto da Orquestra da UniRio e o pianista Diego Caetano.

Informações 2332-9223
Sala Cecília Meireles
Largo da Lapa, 47 – Lapa

NATAL RENASCENTISTA

No dia 1º, às 10h30, já é Natal , com o concerto do conjunto de Música Antiga da UFF, que recebe o Coro da UFF e convidados para juntos festejar o Natal no Cine Arte UFF. 

O programa será de músicas renascentistas dos séculos XV, XVI, XVII, até o século XVIII que reúne canções profanas e canções populares cantadas na época do natal.

Informações: 3674-7531
Cine Arte UFF 
Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí

GALA SOLIDÁRIA

O evento será realizado no dia 3 de dezembro, às 20h e no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e terá a promoção do Instituto Bees of Love. A Gala Solidária tem como título “As Cortinas se abrem para mais uma emoção” e o objetivo maior é mover uma ação social e filantrópica, para arrecadar fundos para ajudar na restituição da Cortina da Boca de Cena, do palco do Theatro Muncipal do Rio de Janeiro, que está atualmente, na verdade há mais de três anos avariada.

Informações: 2332-9191
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, S/N – Cinelândia

FRANCISCO MIGNONE

O grande compositor brasileiro Francisco Mignone foi homenageado com um local para concertos, centro de estudos, palestras e tudo o que nos recorda o músico.

Maria Josephina Mignone é a criadora e a guardiã da obra do seu marido,e recebe os aplausos da coluna pelo trabalho árduo e altamente competente com que mantém sempre presente a obra do seu querido Mignone, assim como sua filha Anette Mignone.

Para quem quiser conhecer um local agradável, o Centro Cultural Francisco Mignone está localizado em Copacabana, na Rua Barata Ribeiro 774/1013.

MÚSICA NO MUSEU

Os concertos da série são realizados com entrada franca.

Dia 29, às 18h
Riowinds Quarteto de Fagotes formado por Richard Meek, Cosme Silveira, Luiz Augusto de Andrade e Amy Gillick
Centro Cultural Justiça Federal – Sala de Sessões
Av.Rio Branco, 241 – Centro

Dia 30, às 18h
Solistas do Rio Winds 2019
Oboísta Harold Emert, fagotistas Amy Gillick e Richard Meek, violonista Eduardo Camenietzki, e pianista Claudio Vettori. Participação especial do barítono Marcos Wunder Louzada
Palácio São Clemente – Consulado de Portugal
Rua São Clemente, 424 – Botafogo

Dia 30,às 18h30
Igreja N.Sra.da Glória – Largo do Machado
Madrigal Cruz Lopes
Participação da Camerata A4 Cordas, pianista Regina Tatagiba e regente José Machado Neto

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui