New York Times diz que Rio 2016 já é uma catástrofe, será?Matéria opinativa no site do New York Times feito pela jornalista brasileira Vanessa Barbara diz As Olimpíadas do Brasil são uma catástrofe, no clima do americano Stephen Colbert em seu programa Late Show. A colunista não diz nenhuma novidade para os cariocas, “Estado de Calamidade Pública”, Zika, que obras estão atrasadas, violência, ou seja, o básico.

Mas, convenhamos, as obras dos locais dos jogos não estão atrasadas, a maioria já foi entregue. Ela tem como base uma visita recente e mostra, em uma das fotos, a arena de Voley de Areia que é temporária e tem uma montagem rápida. O que causava mais preocupações, o velódromo, foi entregue recentemente.

A Zika é um problema grave mas não gravíssimo, nem creio que a saída dos golfistas mais importantes seja por causa da doença. A mesma matéria diz que haverá menos mosquitos  no meio do inverno e que o número de casos vem caindo.

A violência, essa sim, o estado está regredindo na luta contra a criminalidade. Só que durante os Jogos Olímpicos vai ter um policial por quarteirão. A cidade estará segura, ao menos por onde andam os turistas. Eles vão precisar de cuidados para não parar em zonas mais perigosas, no mundo todo é assim. Ou você acha que nos subúrbios de Paris é tudo très chic?

Vale lembrar que outras cidades sedes de Olimpíadas tiveram problemas.

  • Berlim 1936 – Hitler, nazismo…
  • Melbourne 1956 – Líbano, Egito e outros países boicotaram por causa da Crise de Suez. Um jogo de polo entre dois países adversários, URSS e Hungria foi tão violento que ficou conhecido como “Sangue na Água”.
  • Monique 1972 – ataque terrorista onde 11 atletas israelenses foram assassinados e ainda assim o então presidente do Comitê Olímpico Internacional disse que “Os Jogos devem continuar”.
  • Moscou 1980 – mais de 60 delegações, incluindo os EUA, boicotaram os jogos como protesto pela invasão soviética ao Afeganistão.
  • Los Angeles 1984 – a URSS e outros 14 países aliados, devolveram o favor e também boicotaram.
  • Atlanta 1996 –  teve  a bandeira do estado da Geórgia que contém o símbolo dos Confederados (altamente ligado a Guerra Civil americana e ao racismo), as instalações do arco e flecha foi no mesmo lugar que nasceu a Klu Klux Klan moderna e esculturas dos heróis confederados Jefferson Davis, Robert E. Lee and “Stonewall” Jackson.Ah, e uma bomba
  • Atenas 2004 – problemas na venda de ingresso, equipamentos e infra estrutura atrasados
  • Pequim 2008 – denúncias de violação aos direitos humanos
  • Londres 2012 – ameaças terrorista eram tantas que foi responsável por manter os espectadores longe da cidade.
  • Sochi 2014 – dias antes dos jogos havia várias reclamações sobre instalações em terras protegidas, pontes obras feitas por sindicatos criminosos, lixo ilegal, água contaminada, legislação anti-gay e crimes de ódio e cães vira latas por todos os lugares.

Sim, o Rio está com milhões de problemas, a maioria infligido por uma sequência de péssimos governantes. Mas devemos passar bem pela Rio 2016, depois não sei… mas os Jogos, ah, estes devem ser um sucesso.

 

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui