Foto: jornal A Tribuna

O abandono de prédios históricos é um problema que acontece em todo o Rio de Janeiro. Em Niterói não poderia ser diferente. Infelizmente. São muitos os imóveis largados à própria sorte. Alguns, caindo aos pedaços. Como o imóvel da antiga sede Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), dos anos 1920, que está com a fachada está soltando rebocos.

Tombado em 1994 como patrimônio municipal e fechado desde 2015, o prédio do TCE já foi alvo de depredação e grandes furtos, inclusive do elevador.

De acordo com o site A Tribuna, a Secretaria de Planejamento e Gestão do Governo do Estado afirmou que vai tentar retomar as tratativas com a nova administração da Prefeitura de Niterói com o objetivo de finalizar o procedimento de formalização definitiva de sua gestão sobre o imóvel.

O antigo Instituto Médico Legal (IML), de  responsabilidade do Tribunal de Justiça (TJ), fechado desde 2010, é outro prédio que está completamente abandonado.

Existem outros exemplos de prédios públicos nesta situação em Niterói. A matéria do jornal A Tribuna mostra que a antiga sede da Secretaria de Estado de Fazenda, que ocupa quase um quarteirão inteiro, também está completamente abandonado. Lixo, entulho, portões quebrados e local invadido.

Projetos, como o Programa de Ocupação Cultural (POC) e a criação de um museu, foram pensados para o local, no entanto, nada foi posto em prática. Enquanto isso, o patrimônio histórico do Rio de Janeiro se destrói.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui