O humor deu lugar à emoção na nova campanha institucional que a SINAF lançou neste domingo – a terceira desde que a pandemia teve início no Brasil. O filme tem 60 segundos e exalta a capacidade do ser humano em se reinventar e passar por situações difíceis, sem perder o sorriso.

Criada pelo publicitário Sérgio de Paula, que além do roteiro fez a direção do filme, foi batizada de “Sorriso” e traz o slogan: “Por trás de cada máscara tem um sorriso querendo sair”.

A campanha será veiculada nas TVs abertas, rádio, mídia exterior e redes sociais. O investimento de mídia foi de R$ 3 milhões.

A estratégia de deixar de lado o humor negro – responsável por tornar a SINAF uma marca conhecida nacionalmente – é apenas temporária.

“A morte sempre foi vista como um tabu, e o humor foi uma ferramenta vencedora na história da comunicação da Sinaf, com uma mesma campanha que já dura 30 anos, lidando com ela de uma forma leve e descontraída. Agora, estamos diante de um cenário em que a doença e a dor passaram a fazer parte do dia a dia das pessoas, em todos os momentos. Elas estão sofridas, cansadas, e o que se deve fazer, neste momento, é levar algum conforto e um sentimento de esperança”, explica o criativo.  

Segundo dados fornecidos pela seguradora, a SINAF protege mais de 1 milhão de vidas, cerca de 10% da população do estado do Rio de Janeiro, concentradas nas classes C, D e E.

“Como todas as empresas, a SINAF, que é líder no mercado fluminense, não deixou de ser afetada pelo cenário atual. Mas entendemos que, neste momento, precisamos estar ao lado de nossos clientes, exponenciando empatia, mostrando que, aos poucos, a vida vai retornar”, finaliza Rodrigo Palo, diretor de Marketing da SINAF.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui